20°
Máx
14°
Min

Exposição retrata mitologia em fotografias que revelam o íntimo de cada personagem

(Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa) - Exposição retrata mitologia em fotografias que revelam o íntimo de cada personagem
(Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa)

Mitos, contos, visões e histórias de personagens como Lilith, Eros, Narciso e Psiquê, Pierrot e Colombina, Afrodite e Sucubo, estarão à mostra a na exposição Arquétipos, da Psicóloga Analista Junguiana, Fotógrafa e Professora, Sonia Regina Lyra, que entra em cartaz nesta quinta-feira, dia 19, no Museu da Fotografia Cidade de Curitiba. Cerca de 19 obras compõe o acervo que inaugura três salas novas de exposições no museu. Sobre a curadoria do fotógrafo Alberto Melo Viana, a mostra é única em sua forma e contexto. Ele ainda destaca que “a fotógrafa se apaixona pela fotografia como se apaixona por alguém e seu trabalho é carregado de magia, sedução, paixão, desejo, esperança, fé e uma imensa vontade de poder que está sempre presente no âmago do ser humano.”

Arquétipos expõe retratos de pessoas que representam um personagem mítico, isto é, um conteúdo arquetípico personificado. A técnica usada faz parte do percurso dos estudos com a fotografia que Sonia iniciou no ano de 2012, no Centro Europeu, em Curitiba e, logo após, fez uma Pós-graduação em Fotografia, Imagem e Movimento, na Universidade Positivo.

Como o mundo dos arquétipos é a base do seu trabalho como Analista Junguiana, eles não poderiam ficar de fora em seu trabalho como fotógrafa. Tudo começou em uma aula de Still quando Sonia levou o Orixá Obaluaiê, que é a representação de um arquétipo da mitologia africana. O resultado foi excelente levando novas perspectivas para ela. “Fiquei completamente apaixonada pela foto, assim como ficamos pela pessoa amada. Entusiasmada com os resultados, fiz um curso específico de iluminação e retratos, quando então surgiram os primeiros personagens inspirados na Saga do Rei Artur e de Avalon, entre outros”, diz Sonia.

“A mostra leva o visitante para o mundo mágico da mitologia e quem visitar a exposição poderá contemplar retratos, cores, beleza e muita emoção”, conta Sonia que é uma amante da Lua Cheia desde criança e, ao longo de sua carreira, tem realizado praticamente todos os sonhos de sua vida, os grandes e os pequenos. Para ela, ser artista vai além das esferas terrestres, “é um universo onde se tem muito trabalho, mas é de fato, maravilhoso! Não consigo parar de fotografar e convidar mais e mais pessoas para virem representar seus personagens”, finaliza a artista.

Sobre a artista

Fotógrafa profissional pelo Centro Europeu de Curitiba; Pós-graduada em Fotografia, Imagem e Movimento pela Universidade Positivo. Graduação em Psicologia pela PUCPR; Mestre em Filosofia pela PUCPR; Doutora em Ciências da Religião pela PUCSP; Analista Junguiana membro da Associação Junguiana do Brasil – AJB e da International Association for Analytical Psychology) – IAAP; é diretora e professora do ICHTHYS Instituto de Psicologia e Religião, em Curitiba.

Psicóloga Analista Junguiana, Fotógrafa e Professora, Sonia Regina Lyra (Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa)Psicóloga Analista Junguiana, Fotógrafa e Professora, Sonia Regina Lyra (Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa)

Serviço

Evento: Exposição Arquétipos

Data: de 19 de maio até 17 de julho

Local: Museu da Fotografia Cidade de Curitiba – Solar do Barão

Endereço: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533 - Centro, Curitiba – PR

Entrada: Franca

Horário: de terça a sexta-feira das 09h às 12h e das 13h às 18h; sábados, domingos e feriados das 12h às 18h.

Colaboração Assessoria de Imprensa.