21°
Máx
17°
Min

Galeria de Artes UEPG recebe a exposição ‘Vias em Cores’

(Foto: Divulgação) - Galeria de Artes UEPG recebe a exposição ‘Vias em Cores’
(Foto: Divulgação)

A Galeria de Arte Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) recebe, até 4 de novembro, a exposição “Vias em Cores”, do artista visual Bruno Cruz. O lançamento da mostra ocorreu na quinta-feira (6). A realização é da Diretoria de Assuntos Cultuais da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Culturais (Proex/DAC).

Segundo o artista Bruno Cruz, existem lugares que marcam as pessoas, trazem lembranças e, mesmo em um curto espaço de tempo, têm o poder da transformação. “Sentimentos, emoções, sonhos, fantasias e um toque de realidade é o que ‘Via em Cores’ representa, buscando uma harmonia entre as cores e retratada por paisagens urbanas de cidades onde vivi, lugares por onde caminhei, da infância à juventude, da inocência à malicia e a influência da Arquitetura, uma forma de demonstrar gratidão às cidades e pessoas da minha trajetória vista em cores”.

Bruno Cruz é natura de Telêmaco Borba e desde pequeno esteve em contato com a arte. Quando ainda aprendia a falar já ensaiava alguns rabiscos juntamente com seus pais, que sempre o estimularam, deixando a imaginação correr solta e viajar longe como toda criança deveria fazer.

Aos 18 anos iniciou sua graduação em Engenharia Civil, na PUC de Curitiba, no curso de Engenharia Civil. Foi quando seus horizontes se expandiram e Bruno percebeu o quão grande é o mundo. Descobriu milhares de paisagens e olhares despertando seu "caos" de artista, abrindo sua mente. “Me dei conta que deveria voltar a sonhar e fazer arte, como quando criança”.

A partir dessa nova realidade, trancou o curso que era "concreto" demais para sua imaginação e iniciou o estudo de Arquitetura também na PUC. Conheceu outros mundos e pessoas, gostos e cheiros. Se apaixonou pela fotografia, música, o mundo vintage e principalmente pelas paisagens urbanas que retrata na exposição ‘Via em Cores’, com sua visão de jovem excitado pelo novo e pelo belo, que construiu sua própria ‘Belle époque’.

Colaboração Assessoria de Imprensa.