22°
Máx
14°
Min

Instituto Tomie Othake debate urbanismo com exibição de filmes na sua fachada

A relação das pessoas com as cidades e poder da Arquitetura em tornar o ambiente mais saudável serão abordados em filmes no Instituto Tomie Othake, a partir desta quinta-feira, 4. O projeto Cinefachada exibe três obras audiovisuais até sábado, 6: Meu Tio, de Jacques Tati; a série Causando na Rua, de Tata Amaral; e Vive L'amour, de Tsai Ming-Liang.

A exibição dos filmes é ao ar livre, na fachada do instituto. O arquiteto Ruy Ohtake, o arquiteto e professor Rubens Machado e a cineasta Tata Amaral são os três convidados que irão introduzir ao público as questões centrais de cada obra antes das exibições.

Em Meu Tio, Jacques Tati trata das relações e o contraste entre as casas e a vida das pessoas na cidade. A exibição é nesta quinta. Tatá Amaral faz a pré-estreia na sexta-feira, 5, da série Causando Na Rua, com três episódios acompanhando um coletivo que vê a rua como um espaço para arte. No sábado, será exibido o filme Vive L'amour, de Tsai Ming-Liang, que mostra a história de três pessoas em uma cidade marcada por um excessivo número de apartamentos desocupados. Todas as sessões começam às 19h30.

Nos três dias, as primeiras 30 pessoas que comparecerem à mostra ganham um par de ingressos para visitar a exposição Picasso: mão erudita, olho selvagem, em cartaz no instituto até 14 de agosto. Em caso de chuva, o evento será cancelado