26°
Máx
19°
Min

'Kiss me, Kate' foi o grande vencedor do Prêmio Reverência

(Foto: Divulgação)  - 'Kiss me, Kate' foi o grande vencedor do Prêmio Reverência
(Foto: Divulgação)

O musical Kiss me, Kate - O Beijo da Megera foi o grande vencedor do 2.º Prêmio Reverência, dedicado aos melhores espetáculos do gênero, ao receber seis troféus em cerimônia realizada na terça-feira, 19, no Teatro Alfa. Em seguida, na quantidade de estatuetas, ficou Urinal, o Musical, com cinco, inclusive a de melhor produção do ano passado.

"Foi a vitória do entretenimento associado à inteligência", disse Zé Henrique de Paula, eleito o melhor diretor e autor da melhor cenografia, ao comentar o sucesso (de público e crítica) de um musical de baixo orçamento (R$ 198 mil). Fernanda Maia, vencedora como melhor direção musical, lembrou que um membro da equipe de Urinal chegou a vender o carro para ajudar na produção.

A noite foi cheia de surpresas. Como a de José Mayer, melhor ator, por Kiss me, Kate, dizendo que merecia o prêmio, enquanto sua colega Fabi Bang, melhor coadjuvante, não conseguiu discursar por estar afônica.

Com Totia Meireles e Daniel Boaventura como mestres de cerimônia, o Reverência, idealizado por Antonia Prado, prestou uma emocionante homenagem a Marília Pêra, morta no ano passado. Sua irmã, Sandra, cantou trechos de grande sucesso da carreira dela, enquanto Nina e Esperança, filhas de Marília, receberam um troféu em homenagem à mãe.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.