22°
Máx
17°
Min

1ª Mostra de Cinema da Fronteira acontece nesta sexta

Foto: Divulgação - 1ª Mostra de Cinema da Fronteira acontece nesta sexta
Foto: Divulgação

A primeira edição da Mostra de Cinema da Fronteira será realizada nesta sexta-feira (14) às 18h, dentro da programação Coolturarte, evento que acontece no Cataratas JL Shopping. 

O filme de ficção “Do amor: pequenas coisas”, da diretora e professora do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal da Integração Latino Americana (Unila), Francieli Rebelatto, estreia, em Foz do Iguaçu, durante a Mostra. Também estreiam a ficção “Kelly e a Kombi” e o documentário "Espera", do diretor Carlos Cesare, graduado da primeira turma do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade.

A 1ª Mostra de Cinema da Fronteira tem o intuito de promover e incentivar a exibição e circulação de produções realizadas na região. O evento é promovido pelo Núcleo Criativo Cinema “Transfronteirizo”, integrado por produtoras e realizadores locais e organizado para estimular a produção do cinema na fronteira. A entrada é gratuita.


Do amor: pequenas coisas


Gravado no Bairro Remanso Grande, em Foz do Iguaçu, com equipe de profissionais da Argentina, Brasil e Paraguai, o filme “Do amor: pequenas coisas” foi o primeiro set de filmagem que envolveu professores e estudantes da Unila, em uma experiência prática de realização na fronteira. A produção retrata a história de um pai que vive com suas três filhas em uma pequena casa rural. Certo dia, um jovem músico acampa no quintal da casa da família, e sua presença provoca uma reviravolta na vida dos quatro.

 “O roteiro da história é inspirado no conto 'Três irmãs', do escritor africano Mia Couto. O curta fala das sutilezas do amor pelo outro, por si mesmo e pela ressignificação do cotidiano”, explica Francieli.

O elenco também é transnacional e conta com atores argentinos e brasileiros. O projeto circulou por diversos festivais da América Latina, como o Oberá en Cortos, da Argentina, e ganhou o prêmio de melhor filme no 12º Festival Latinoamericano de Cortometrajes Lapacho, de Resistência (Argentina).


 Outras estreias


A mostra terá ainda, a estreia de “Espera”, documentário do diretor Carlos Cesare, graduado em Cinema e Audiovisual, da Unila. O filme emerge no cotidiano do Hogar de Ancianos San Agustín, localizado em Ciudad del Este, Paraguai. Por meio das vozes dos seus residentes, a obra apresenta as nuances da vida em uma atmosfera de solidão e religião. 

Outro filme que será exibido é o curta-metragem de ficção “Kelly e a Kombi”, do diretor Rogério Bonato. O filme conta a história de uma menina que, por meio da espera da mãe e de sua velha kombi, sempre encrenca pelas ruas de Foz do Iguaçu.

Colaboração: Assessoria