27°
Máx
13°
Min

'50 Tons de Cinza' é eleito o pior filme do ano

(Foto: Divulgação)  - '50 Tons de Cinza' é eleito o pior filme do ano
(Foto: Divulgação)

Uma cerimônia mais curta e não só branca - foi com brincadeira desse naipe que aconteceu a 36ª edição do Framboesa, na noite de sábado, no Palace Theatre, localizado no centro de Los Angeles. Dedicado aos piores do cinema, o Razzie, como é chamado em inglês, focou seu desprezo em 50 Tons de Cinza, que foi eleito o pior em cinco das seis categorias em que concorria, inclusive a de pior filme do ano(empatado com Quarteto Fantástico).

Em todos os aspectos, o Framboesa busca ser uma paródia do Oscar. A começar por um número musical que abre a cerimônia, em homenagem aos filmes indicados. Mas, ao contrário do luxo e da perfeição da festa da estatueta dourada, o Razzie mais se parece com uma grande revista musical inspirada na revista Mad, a julgar pela caricatura exagerada de astros e filmes.

Como nenhum dos atores compareceu para receber o troféu, o que é habitual, era exibido um vídeo em que um repórter simulava entregar o prêmio ao selecionado. E, também como acontece no Oscar, a cerimônia do Framboesa é interrompida para a projeção de nomes e fotos de artistas que morreram no último ano - no caso, de profissionais que foram premiados como piores em um determinado momento da carreira, como o diretor Wes Craven, especializado em terror.

Sem o mesmo cuidado do rival em evitar assuntos delicados, o Razzie teve um sósia do presidente Obama entregando um prêmio (a imitação da forma de falar, aliás, foi perfeita) e as últimas categorias contou com uma paródia do pré-candidato republicano Donald Trump, que disparou ofensas contra imigrantes, especialmente os mexicanos.

Criado pelo publicitário John Wilson em 1981 - a primeira cerimônia aconteceu em sua sala -, o Framboesa oferece uma estatueta que não chega a custar US$ 5.

A fruta é usada no sentido da expressão "blowing a raspberry", que é simular o som de flatulência com a boca. Neste ano, contou com o voto de 943 eleitores, espalhados por 48 estados americanos e 20 países.

Veja a lista dos premiados como piores de 2015: o pior filme, na verdade, são dois, por causa do empate entre 50 Tons de Cinza e Quarteto Fantástico. O primeiro também deu a Jamie Dornan o prêmio de pior ator, acompanhado da pior atriz, também por 50 Tons de Cinza, Dakota Johnson. O pior ator coadjuvante foi Eddie Redmayne (O Destino de Júpiter). O pior diretor foi Josh Trank, por Quarteto Fantástico, também eleito como o pior remake.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.