24°
Máx
17°
Min

Ainda se julga muito pela cor da pele, diz Iñarritu

(Foto: Divulgação)  - Ainda se julga muito pela cor da pele, diz Iñarritu
(Foto: Divulgação)

Alejandro G. Iñarritu, que venceu o Oscar de direção pelo segundo ano consecutivo, desta vez por O Regresso, fez um discurso politizado, dizendo que é um privilégio receber um prêmio como esse em um universo onde "ainda se julga muito pela cor da pele".

O mexicano, que no ano passado levou a categoria por Birdman, é o terceiro diretor a conseguir a façanha na história da premiação, ao lado de John Ford e Joseph L. Mankiewicz. Este também é o terceiro Oscar para um diretor mexicano já que, em 2014, o Oscar foi para Alfonso Cuarón por Gravidade.

O Regresso narra a história de Hugh Glass (Leonardo DiCaprio), um explorador que é atacado por um urso e abandonado por seus companheiros de expedição, mas cujo desejo de vingança lhe leva a sobreviver e empreender uma odisseia de centenas de quilômetros para encontrar os homens que o traíram.