22°
Máx
17°
Min

Cineclube da Cinemateca apresenta filmes de horror de Jacques Tourneur

Cena do filme "O Homem Leopardo" (Imagem: Divulgação / Assessoria de Imprensa) - Cineclube da Cinemateca apresenta filmes de horror de Jacques Tourneur
Cena do filme "O Homem Leopardo" (Imagem: Divulgação / Assessoria de Imprensa)

A Cinemateca apresenta nos próximos domingos, nas sessões Cineclube, os filmes de horror de Jacques Tourneur, realizador francês da primeira metade do século 20 que ganhou projeção pelas suas produções do gênero horror fantástico. Um dos seus maiores sucessos foi “Sangue de Pantera” (Cat People), de 1942, que será exibido neste domingo, 5 de junho, às 16h.

Jacques Tourneur desenvolveu sua carreira no cinema americano, onde estreou o seu primeiro longa-metragem (They all come out), em 1939. “Sangue de Pantera” foi o seu segundo filme, com a atriz Simone Simon no papel principal. Ela é uma bela jovem que sofre constantes alucinações com felinos e descobre ser descendente de um grupo de mulheres-pantera à beira da extinção. Seu lado monstruoso começa a ficar mais saliente quando entra em contato com fortes emoções, colocando em risco o casamento e a vida das pessoas que a cercam.


Apesar do seu orçamento irrisório, o filme fez um enorme sucesso pela sua forma inovadora de suscitar o medo, de maneira sutil e sensual. Na mesma linha sobrenatural, Tourneur lançou em seguida “A Morta-Viva” (I Walked with a Zombie), em 1943, também coroado de sucesso. Esse filme e ainda “O Homem Leopardo” e “A Noite do Demônio” serão exibidos na seqüência, nos dias 12, 19 e 26 de junho.

JacquesTourneur continuou sua carreira abarcando outros gêneros – sagas históricas, westerns, filmes “noir”, policiais e aventuras, agora para grandes produtoras e com a participação de alguns dos astros do cinema – Gregory Peck, Robert Mitchumm, Burt Lancaster e Glenn Ford. Tourneur retornou à França no final dos anos 1960, onde morreu em 1977.

Programação

5 de junho, às 16h
SANGUE DE PANTERA (1942, 73’) – Jovem sofre constantes alucinações com felinose descobre ser descendente de um grupo de mulheres-pantera à beira da extinção.


12 de junho, às 16h
A MORTA-VIVA (1943, 68’) – Enfermeira viaja para as Antilhas para cuidar deesposa de um administrador de plantações, mas acaba se apaixonando pelo patrão,o que a leva a participar de uma cerimônia de magia negra.


19 de junho, às 14h 
O HOMEM-LEOPARDO (1943, 66’) – Atriz de um clube noturno entra no palco com umleopardo negro, parte de uma jogada publicitária. Mas o leopardo foge,espalhando pânico pelo Novo México.


26 de junho, às 16h
A NOITE DO DEMÔNIO (1957, 95’) – Psiquiatra se envolve numa trama deassassinato e misticismo colocando em dúvida suas posturas contrárias asuperstições, cultos e fenômenos sobrenaturais.


Classificação:14 anos
Cinemateca de Curitiba – R. Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco
Ingressos: Gratuito

Colaboração Assessoria de Imprensa.