23°
Máx
12°
Min

É Tudo Verdade terá os irmãos Carvalho

(Foto: Divulgação)  - É Tudo Verdade terá os irmãos Carvalho
(Foto: Divulgação)

Walter carvalho, que codirige Quanto Tempo o Tempo Tem?, divide-se entre ficções e documentários, entre filmes que dirige e outros que só fotografa. Entre seus documentários, há um, muito bonito, sobre o olhar - Janela da Alma, uma parceria com João Jardim.

Quanto Tempo...? está tendo um lançamento limitado, em apenas alguns horários e salas da cidade. Mas, na próxima quinta, 7, e durante dez dias - até 17 de abril -, o documentário dará as cartas, em tempo integral, na cidade. Começa neste dia o 21.º Festival Internacional de Documentários de São Paulo, o É Tudo Verdade. No dia seguinte, 8, será o início da temporada carioca.

Os paulistanos vão ver primeiro - na inauguração - o documentário de Gianfranco Rosi que venceu o Urso de Ouro no recente Festival de Berlim - Fogo no Mar/Fuocoammare. A abertura, no Rio, será com As Incríveis Artimanhas da Nuvem Cigana, de Paola Vieira e Claudio Lovato, sobre o coletivo de artistas que, justamente no Rio, nos anos 1970, tentou apagar as fronteiras entre arte e vida, de olho na utopia.

Vladimir Carvalho, irmão de Walter Carvalho, dirige um dos longas da competição brasileira - Cícero Dias, o Compadre de Picasso. E o próprio Walter dirige sozinho, também na competição brasileira, Manter a Linha da Cordilheira Sem o Desmaio da Planície, sobre o poeta Armando Freitas Filho.

Serão dezdias inteiros, em todos os horários, de cinema do real. O 21.º É Tudo Verdade vai apresentar 85 títulos de 26 países. Sessões especiais vão homenagear Chantal Akerman, Ruy Guerra, Haskell Wexler, Claude Lanzmann.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.