22°
Máx
14°
Min

Festival de Cinema de Cascavel contempla acessibilidade

Foto: Assessoria - Festival de Cinema de Cascavel contempla acessibilidade
Foto: Assessoria

O 9º Festival de Cinema está repleto de atividades que contemplam a produção áudio-visual, tanto para os cineastas quanto para os cinéfilos. A programação de ontem (25), foi pensada para crianças e pessoas com deficiência, com exibições que contam com tradução em libras e audiodescrição, integrando turmas da educação infantil e educação especial de quatro municípios nas duas mostras realizadas no Teatro Municipal, a II Moccin (Mostra Cascavelense de Cinema Infantil) e a Mostra de Cinema com Acessibilidade.

“É uma honra receber a todos no nosso evento. A programação foi elaborada nesse sentido, na ideia de inclusão, fazer que o festival seja de fato, para todos. A participação do público está ótima, as instituições da região estão comparecendo em massa, com certeza eles estarão presentes nos próximos festivais, afinal, esse é só o começo" declarou a coordenadora do Festival de Cinema, Silvia Prado.

A alternativa de acessibilidade é uma parceria com a distribuidora Filmes Que Voam, especializada em estimular a acessibilidade audiovisual. As produções contam com tradução simultânea em libras; e também exibições com audiodescrição, dedicada a pessoas com deficiência visual, uma faixa adicional que relata cenário, marcações e expressões dos personagens na cena.

Há 18 anos atuando na educação especial, a professora da Apae Cascavel, Iracema da Luz, ressaltou a importância de iniciativas de acessibilidade. 

“Nossos alunos ficaram muito felizes com o convite, eles adoram assistir filmes, mas, é claro, existe uma dificuldade para encontrar filmes que atendam às necessidades deles”.

“Essas atividades contribuem muito com o crescimento dos alunos, fazem com que eles se sintam incluídos na sociedade, interajam com as pessoas, tenham uma vida social de verdade”, afirmou a professora Célia Silvana.

Colaboração: Assessoria