22°
Máx
17°
Min

Tela Alternativa exibe filme sobre imigração japonesa ao Brasil

Gaijin narra a história dos imigrantes japoneses em sua vinda ao Brasil na busca de oportunidades para uma vida melhor (Foto: Divulgação) - Tela Alternativa exibe filme sobre imigração japonesa ao Brasil
Gaijin narra a história dos imigrantes japoneses em sua vinda ao Brasil na busca de oportunidades para uma vida melhor (Foto: Divulgação)

O filme de Tizuca Yamasaki “Gaijin - Os Caminhos da Liberdade” inicia o ciclo deslocamentos, migrações e fugas do projeto de extensão Tela Alternativa, nesta terça-feira (5), às 19h, no Auditório ”B” do Cine Teatro Ópera (Rua XV de Novembro, 472). Com 112 minutos/duração, Gaijin teve lançamento em 1980 e narra com base em fatos reais a história dos imigrantes japoneses em sua vinda ao Brasil, na busca de oportunidades para uma vida melhor. A professora Mariza Túlio, do Departamento de Estudos e Linguagem (DEEL) da UEPG, coordena o Tela Alternativa, projeto que procura atender os acadêmicos do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes (SECIHLA) e a comunidade ponta-grossense.

A coordenação do ‘Tela Alternativa’ apresenta a linguagem cinematográfica de Gaijin a partir do registro: Como as culturas se entrelaçam mostra um estudo de personagem histórico da imigração japonesa no Brasil. Uma história lidamente filmada de imigrantes chegando numa terra estrangeira, sendo explorados por sua falta de conhecimento da língua e superando a discriminação para forjar uma nova vida numa terra estranha. Um dos filmes sobre os quais eu repetidamente falo para os amigos.

É uma história universal com relevância para todos aqueles que se veem tentando se ajustar, tentando manter sua dignidade em face da crueldade e do preconceito racial e nacional. O filme é baseado na maior imigração de japoneses ao "Novo Mundo", em particular Brasil, no período após a Primeira Guerra Mundial. Trata da exploração no setor agrícola da economia brasileira. Difícil de encontrar, assisti a esse filme na Film Society, do Alasca no final dos anos oitenta. Espero que seja lançado num formato doméstico. (Aslewis, United States, 1980).

O drama Gaijin destaca premiações como Festival de Cannes (França), 1980; Prêmio FISPRECI - Menção Especial; Festival de Gramado, 1980: venceu nas categorias de melhor filme e ator coadjuvante (José Dumnot), melhor trilha sonora, melhor roteiro e desenho de produção; Festival de Havana (Cuba), 1980: venceu na categoria de melhor filme. Ainda foi destacado na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil 1980 (Brasil): Recebeu o Troféu Margarida de Prata; e no Festival de Honolulu recebeu uma menção especial.

Com sessões abertas ao público, o projeto dá direito a certificados àqueles que se inscreveram compareçam a 60% das atividades programadas no ‘Tela Alternativa’, bem como aos acadêmicos estagiários. Os certificados são emitidos pela Proex (Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Culturais). O projeto tem carga horária semanal de quatro horas, e total de 180 horas registradas (de dezembro de 2015 a novembro de 2016).

Colaboração Assessoria de Imprensa.