22°
Máx
14°
Min

Artista plástico vai retratar, ao vivo, a magia e a diversidade de talentos do MishMash

(Foto: Divulgação) - Artista plástico vai retratar, ao vivo, a magia e a diversidade de talentos do MishMash
(Foto: Divulgação)

Ventríloquo, palhaços, mágicos, acrobatas, malabaristas, músicos e, este ano, até um artista plástico que vai criar uma obra na hora são as atrações do MishMash 2016,  um dos eventos simultâneos do Festival de Curitiba. Marcelo Bittencourt é artista plástico e realizará seu trabalho durante o espetáculo, captando os acontecimentos, sentimentos e a atmosfera da festa, transformando esse momento em uma obra de arte, utilizando tintas, pinceis, canetas e técnica mista. O MishMash terá duas sessões, nos dias 2, às 20h, e 3 de abril, às 18h, no Parkcultural.

O próprio curador do evento, Rafael Barreiros, estará no palco como o Palhaço Alípio, mestre de cerimônias do MishMash. “Meu principal objetivo é construir um espetáculo inesquecível e dinâmico. Por isso, o MishMash faz essa mistura de linguagens: é circo, teatro, dança, mágica, música, bonecos e muito mais. Tudo isso com muito bom humor e interação, em um ambiente onde toda a família se diverte”, diz Barreiros.

Ele desenvolve a pesquisa de palhaço há mais de 15 anos, procurando estudar com os mestres do Brasil e do mundo. “Quero, como palhaço, romper estereótipos e dialogar com o maior número de pessoas, pois acredito que descobrir nosso ‘estado de graça’ traz uma grande liberdade ante a si mesmo.”

Ventriloquista

Warley Santana representou o Brasil e a América do Sul nos EUA no ano passado no International Show para o público norte americano, dividindo o palco com ventríloquos do mundo todo, entre eles Stevo Schulling (Alemanha), Crina Zvoboda (Romênia), Joseph Then (Cingapura) e o famoso anfitrião Jeff Dunham (EUA), criador de Achmed, o terrorista morto. O ex-CQC e atual repórter do Muito Show, da Rede TV, também pode ser visto no seriado DesEncontros na Sony e Netflix, e na série Politicamente Incorreto com Danilo Gentili.

Palhaça Sombrinha

A Palhaça Sombrinha, da artista Milene Dias, que se define como um morcego em forma de palhaça, entra no MishMash com interações diretas com o público. Ela é conhecida por sua poesia e espontaneidade desconcertantes, capazes de despertar a doçura e uma visão peculiar em todos os tipos de público, segundo o curador da mostra.

Ricardo Thomé, Malabarista

Considerado um dos melhores malabaristas do Brasil, Ricardo Thomé une carisma, música e variadas técnicas, com bolinhas, claves, argolas e chapéus. “Ele traz números de grande impacto visual, utilizando sempre o humor como meio de comunicação”, diz Barreiros.

Banda MishMash -  Trombone de Frutas

Uma banda multi-linguagem e versátil faz a trilha do MishMash, a curitibana "Trombone de Frutas", pelo segundo ano consecutivo.

Lauro Fernando  Monteiro - Palhaço Confuso

O Palhaço Confuso ou Mr. Lauro é dotado de habilidades circenses diversas e seu forte é a comunicação quase que inocente transmitida pelo olhar ingênuo do palhaço.

Coletivo Inverso  – Artes Circenses e Performáticas

O Coletivo inverso é um grupo independente, resultado da união de artistas circenses de várias partes do Brasil: Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Bahia e também do Chile. Em seu elenco constam artistas plurais e diversos, que mesclam variadas técnicas circenses, de dança e teatro para criação de performances impactantes e dinâmicas.

Marcelo  Bittencourt – Artista Plástico

Paulistano radicado em Curitiba, Marcelo Bittencourt é o artista plástico que fará uma pintura durante o MishMash. No currículo tem participações em Doxology Big Band (Teatro Paiol), Show da banda Matizes (Café IPIC), Show da Lorena Chaves (Teatro Paiol); Gogó à Brasileira (Teatro Fernada Montenegro); Camerata Vocale de Blumenau e Gogó à Brasileira (Teatro Carlos Gomes/Blumenau), Show Carlinhos Veiga (Café + Cultura, Brasília).

Raul  Barreiros – Artista Mirim

Raul Barreiros é o artista mirim do MishMash, representando a nova geração de artistas é quase um mascote da mostra simultânea. “Devido ao sucesso de sua participação em 2015, Raul volta esse ano com material novo que vem ensaiando tanto que deixa sua família meio louca e a casa semidestruída”, diz o curador e pai do artista.

Maurício  Dollenz (Chile) – Mágico, Ilusionista, Ventríloquo

Discípulo do maior mágico chileno da atualidade, o Mago Fernando Larrain, com quem aprendeu truques, técnicas, segredos e mistérios que permeiam o mundo da mágica. Maurício Dollenz trabalhou quase uma década em três cruzeiros internacionais diferentes (Pullmantur Cruises, Ibero Cruceros e Costa Cruzeiros), desempenhando o papel de mágico ilusionista com seu show de grandes ilusões “Ladrão de Ilusões” entre Close up nas mesas de casino, mágica de perto nas mesas de restaurantes e apresentador das noites temáticas e de gala. Com uma carreira crescente, seus 15 anos de experiência fazem deste artista um especialista em manipulação de cartas e conduta humana. No Brasil já participou do “Prêmio MultiShow do Humor” e “República do Stand´up” no Comedy Central.

Palhaço Tomate (Argentina)

Interpretado pelo comediante argentino Victor Tomate Avalos, o palhaço Tomate utiliza sua habilidade de criar personagens com balões para divertir a plateia com uma série de situações inusitadas. A linguagem simples e a interação com o público contribuem para o sucesso entre todas as idades. Internacionalmente reconhecido pela sua arte com balões (já percorreu 25 países), o palhaço Tomate traz ainda um dragão chinês gigante que percorrerá a plateia, feito com milhares de balões! 

Ingressos

A venda dos ingressos será pelo site www.festivaldecuritiba.com.br e nas bilheterias oficiais do evento, instaladas no Shopping Mueller, no Palladium Shopping Center, no ParkShoppingBarigüi e o Pátio Batel.  Os ingressos para os espetáculos da Mostra custam entre R$ 30,00 e R$ 70,00 (inteira). Os preços para os trabalhos do Fringe variam de gratuitos a R$ 60,00 (inteira), além da taxa administrativa do emissor do bilhete.

Os ingressos para o Risorama custam R$ 70,00 (inteira) e R$ 35,00 (meia-entrada). Para o MishMash e Guritiba, dois eventos simultâneos voltados para as crianças e famílias, o valor é de R$ 40,00 (entrada inteira) e R$ 20,00 (meia entrada). A entrada do Gastronomix é R$ 12 (não consumível).  E cobrada também uma taxa administrativa que varia entre R$1 e R$5, de acordo com os preços de cada espetáculo.

Serviço
MishMash
2 de abril, às 20h, e 3 de abril, às 18h
Teatro Paiol

Colaboração Assessoria de Imprensa.