20°
Máx
14°
Min

'Cabras' e 'Tragédia latino-americana' têm três indicações ao Prêmio Shell

Nesta segunda, 18, foi divulgada a lista dos indicados do primeiro semestre do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo. O espetáculo Cabras - Cabeças que Voam, Cabeças que Rolam, que retrata o universo do cangaço, concorre em três categorias - figurino (Márcio Medina), iluminação (Aline Santini) e música (Dr. Morris) - assim como A Tragédia Latino-americana, que disputa os prêmios de Direção (Felipe Hirsch), cenário (Daniela Thomas) e música (Arthur de Faria), com um texto que discute as heranças da colonização em nosso continente.

O espetáculo Playground concentra duas indicações nas categorias direção, de Marco Antonio Pâmio, e ator, por Mateus Monteiro. Ao lado, está a peça Dezuó, Breviário das Águas, que concorre ao prêmio de melhor autor, por Rudinei Borges e pelo cenário de Telumi Hellen.

Confira a lista completa de indicados do primeiro semestre:

Autor

Leonardo Cortez, por 'Sala dos professores'

Rudinei Borges, por 'Dezuó, breviário das águas'

Direção:

Felipe Hirsh, por 'A Tragédia latino-americana'

Marco Antônio Pâmio, por 'Playground'

Ator:

Mateus Monteiro, por 'Playground'

Pedro Vieira, por 'Eu tenho tudo'

Atriz:

Miriam Mehler, por 'Fora do mundo'

Regiane Alves, por 'Para tão longo amor'

Cenário:

Daniela Thomas e Felipe Tassara, por 'A Tragédia Latino-americana'

Telumi Hellen, por 'Dezuó, breviário das águas'

Figurino:

Gabriel Villela, por 'Rainhas do Orinoco'

Márcio Medina, por 'Cabras - cabeças que voam, cabeças que rolam'

Iluminação:

Aline Santini, por 'Cabras - cabeças que voam, cabeças que rolam'

Caetano Vilela, por 'As benevolentes'

Música:

Arthur de Faria, por 'A Tragédia Latino-americana'

Dr. Morris, por 'Cabras - cabeças que voam, cabeças que rolam'

Inovação:

Centro Cultural São Paulo pelo estímulo à experimentação de novas formas cênicas, dramatúrgicas e de produção por meio do projeto "Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos"