22°
Máx
17°
Min

Café da manhã marca o fim do Ramadã após 30 dias de jejum e orações

Fim do período foi confraternizado entre os membros da comunidade (Foto: Cris Neres) - Café da manhã marca o fim do Ramadã após 30 dias de reflexão
Fim do período foi confraternizado entre os membros da comunidade (Foto: Cris Neres)

O primeiro café da manhã, realizado nesta quarta-feira (06), marcou o fim do Ramadã, da cultura islâmica, em Foz do Iguaçu. A confraternização entre os membros da cultura, foi na mesquita da cidade e aconteceu após os 30 dias de jejuns e orações.

O período é considerado sagrado pelos muçulmanos. Ele é marcado pela reflexão e encontro pessoal. O período teve início no dia 05 de junho, no Polo Astronômico de Itaipu e terminou ao anoitecer de ontem (05).

Período é marcado pela reflexão, jejum e orações (Foto: Cris Neres)Período é marcado pela reflexão, jejum e orações (Foto: Cris Neres)

Durante o Ramadã, os seguidores da cultura, não podem fumar, beber e nem manter relações sexuais. Ele começa por meio da observação lua, relacionada aos cálculos astronômicos.

Foz do Iguaçu tem a 2ª maior comunidade de muçulmanos, só perde para São Paulo.

Colaboração: Cris Neres e Luciana Barcellos / Rede Massa