22°
Máx
16°
Min

Comissão Organizadora apresenta resultados da 53ª Festa da Uva

Evento movimentou o setor de alimentação, artesanato, a indústria e o comércio e a produção dos agricultores do município (Foto: Divulgação / Assessoria) - Comissão Organizadora apresenta resultados da 53ª Festa da Uva
Evento movimentou o setor de alimentação, artesanato, a indústria e o comércio e a produção dos agricultores do município (Foto: Divulgação / Assessoria)

A Comissão Organizadora da 53ª Festa da Uva de Colombo apresentou os resultados dos quatro dias do evento que aconteceu nos dias 28, 29, 30 e 31 de janeiro, no Parque Municipal da Uva, sendo a maior festa da maior colônia italiana do Estado do Paraná integrando o calendário nacional de eventos.

De acordo com a Comissão, a lisura do processo e a transparência dão o tom do evento. “Temos este objetivo em dar clareza as ações realizadas durante os dias de Festa mostrando que estamos pensando e investindo para movimentar o comércio e evidenciar a agricultura local como também a nossa cultura”, destacou o presidente da Comissão Organizadora, Márcio Strapasson.

No balanço, consta a movimentação financeira, estimativa de negócios gerados, receita e despesas. O levantamento aponta mais de R$ 2 milhões movimentados, por parte dos comerciantes da Feira da Indústria e Comércio, das barracas de alimentação, restaurantes, artesanato, parque de diversão e os estandes dos produtores rurais que comercializaram uvas, vinhos, sucos, geleias e outros derivados.

O produtor Vinicius D’Agostin, que participa há 15 edições da Festa da Uva comercializando vinhos, geleias, conservas e sucos comemorou os resultados. “Superamos a nossa expectativa de vendas neste ano. Conseguimos comercializar nossos produtos e ainda, após a festa, os clientes continuam nos procurando através das etiquetas que estão em nossos produtos”.

Os expositores da Feira não venderam apenas seus produtos e serviços, mas iniciaram um relacionamento com o cliente que ultrapassa os limites do Parque e de Colombo. “Com certeza estes visitantes que visualizaram ou adquiriram algum produto irão procurar e visitar as propriedades rurais em um outro momento”, destacou o vice-presidente da Comissão Organizadora, Antonio Ricardo Milgioransa.

De acordo com a artesã e representante da Associação dos Empreendedores Zumbi dos Palmares, Diva Paganardi com o espaço disponibilizado durante os quatro dias de festa foi possível comercializar os produtos e ainda iniciar novas parcerias. “Janeiro e fevereiro são meses fracos para o comércio e a Festa da Uva nos proporciona uma renda extra, além de contribuir para as vendas durante o ano inteiro. Temos clientes de Curitiba que nos procuram para encomendas e nos indicam para outras pessoas. Neste ano, também fechamos parceria com um município vizinho que levará nossos produtos para expor em outras feiras”, destacou Diva.

No quesito financeiro, a comissão apontou que as receitas e investimentos do evento ficaram em R$ 1.391.343,29 e R$ 1.408.656,99, totalizando uma diferença de apenas R$ 17.313,70, na qual se reverteu em investimentos ao município. “A contrapartida do município para o evento foi muito pequena devido a busca de patrocinadores, boas parcerias e a comercialização dos espaços para alimentação e exposição reduzimos muito este repasse”, destacou o presidente da Comissão.

Além de todo este fomento econômico, a 53ª edição da Festa da Uva teve caráter solidário. Isto porque no primeiro dia de festa, quando aconteceu a Missa do Padre Reginaldo Manzotti, a entrada foi solidária. Cada visitante podia colaborar com um quilo de alimento não perecível que já foi entregue, um total de 2.300 quilos arrecadados e já repassados para a Pastoral da Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário e Provopar Colombo.

Colaboração Assessoria de Imprensa de Colombo.