21°
Máx
17°
Min

Espetáculo de ballet ‘Ausências’ aborda inclusão social

‘Ausências’ acontece no próximo sábado, às 20 horas, no Teatro Marista em Ponta Grossa (Foto: Divulgação) - Espetáculo de ballet ‘Ausências’ aborda inclusão social
‘Ausências’ acontece no próximo sábado, às 20 horas, no Teatro Marista em Ponta Grossa (Foto: Divulgação)

No próximo sábado (16), acontece em Ponta Grossa o espetáculo de ballet ‘Ausências’, que marca o lançamento da Cia de Dança Fabíola Capri. O ballet ocorre às 20h, no Teatro Marista em Ponta Grossa. A entrada custa R$ 20 e pode ser adquirido antecipadamente no Studio de Dança Fabíola Capri, ou na hora do espetáculo.

A temática principal da apresentação é a inclusão social. A dança demonstrará as carências e necessidades dos portadores de deficiência física, propiciando aos bailarinos estratégias de inclusão, percebendo o outro a partir da perspectiva do outro, resultando num trabalho capaz de mudar a realidade de ambos. “Eu quis buscar em cada ausência em cada coreografia aprofundar o ‘não ter’ e partir dele experimentar gestos, movimentos que me possibilitassem algum resultado. Partindo de certa forma da restrição, a ausência”, explica o coreógrafo Leandro Vieira.

A tradutora e intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras), Cristiane Rocha, afirma que é de extrema importância a sociedade estar acessível para as diferentes necessidades de inclusão. “Os espetáculos em geral, estão tomando consciência dessa realidade. Acredito, e espero que após essa primeira experiência venham outras ainda mais direcionadas para cada necessidade especial”, declara.

Cristiane irá ao espetáculo com alguns surdos e ela conta que será uma novidade para eles, pois eles não têm esse costume de ir ao teatro, justamente pela falta de adaptação na comunicação. “Mas, acredito que aos poucos essa visão também mudará e isso representará a realidade da inclusão que tanto lutam para conquistar em todos os ambientes”.

O produtor do espetáculo, Zek Ramos, explica que a montagem do espetáculo “Ausências” faz analogias às libras e o que impede de falar, sobre a fase senilidade e a perda das memórias, sobre as relações líquidas contemporâneas, onde os indivíduos vivem cada vez mais sozinhos, de forma solitária, sem grandes aprofundamentos afetivos com o próximo, entre outras abordagens.

“Inserir vertentes artísticas no cotidiano pode ser um meio eficaz no desenvolvimento da inclusão social. A arte através da dança pode mobilizar e discutir estas relações e contribuir para um ambiente menos segregado e mais humano e respeitoso. Discutir as “ausências” pode contribuir para a reflexão da sociedade em formas de inclusão, transformando os lugares em ambientes mais justos e de melhores acessos”, pontua Zek.

Serviço

Espetáculo de ballet contemporâneo ‘Ausências’

Data: 16 de julho (sábado)

Horário: 20h

Local: Teatro Marista - Rua Rodrigues Alves, nº 701

Entrada: R$ 20,00 (inteira).

Colaboração Assessoria de Imprensa.