21°
Máx
17°
Min

Feira de selos independentes ganha nova edição

A programação do Mês da Cultura Independente, realizado pela Prefeitura de São Paulo traz para a cidade a segunda edição da feira Sacola Alternativa, evento que estreou no ano passado, quando foi realizada no Museu da Imagem e do Som (MIS) e ajudou a integrar fãs de música alternativa e selos dedicados a bandas independentes. A versão 2016 do terá a mesma quantidade de selos que no ano anterior. A mudança principal será no espaço. Neste domingo, 11, a partir das 14h, a feira abrirá as portas da Galeria Olido, no centro da cidade, para o público com entrada gratuita.

Novamente organizada pela Balaclava Records, selo que também funciona como promotora de shows - e recentemente anunciou uma apresentação da banda indie Yuck em São Paulo no mês de novembro -, a Sacola Alternativa vai oferecer mais do que somente o encontro entre público e selos. Serão organizados sete showcases, realizados a partir das 14h - os seis primeiros ocorrem dentro de uma vitrine.

Quem abre as atividades é Sara, cujo nome artístico inclui o "sobrenome" Não Tem Nome, que apresenta canções sinceras ao violão. A turma do E a Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante surgirá na sequência com um som instrumental capaz de levar o ouvinte para os lugares mais distantes sem qualquer palavra. Na vitrine, a programação segue com a esperta Marrakesh, cujas guitarras ecoam e inebriam a voz a principal. Os cariocas do gorduratrans, donos da ótima música Você Não Sabe Quantas Horas Eu Passei Olhando Para Você, entregam um rock poluído, assim como a paulista FingerFingerrr, duo que recentemente lançou o ótimo disco MAR. A já veterana quando o assunto é a música independente paulistana Garotas Suecas encerra com molejo as atividades na vitrine.

Às 20h, o grupo Terno Rei chega à Sala Olido para fazer o último show do domingo. A mesma sala, às 14h, será usada para a exibição do documentário GRU-PDX, no qual é contada a história da gravação do disco Amor Violento em Portland, nos Estados Unidos. A programação do Sacola inclui ainda três painéis de debate de interesse a todos que apreciam música alternativa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

SACOLA ALTERNATIVA

Galeria Olido. Av. São João, 473, centro, tel.: 3331-8399. Domingo (11), a partir das 14h. Entrada gratuita.