28°
Máx
17°
Min

Fernanda Magalhães estreia nova performance no Sesc Cadeião

(foto: Raquel Hirson/Divulgação) - Fernanda Magalhães estreia nova performance no Sesc Cadeião
(foto: Raquel Hirson/Divulgação)

A artista londrinense Fernanda Magalhães apresenta sua performance “Grassa Crua”, com direção de Ana Cristina Colla e Raquel Scotti Hirson. A apresentação nesta sexta-feira (29), às 20h, integra o projeto Londrina em Cena, do Sesc Cadeião Cultural (Rua Sergipe, 52).

O novo trabalho de Fernanda reúne elementos da performance, da movimentação cênica, da dança, tendo como guia uma paisagem sonora criada a partir de diversas de vozes de mulheres que reuniu Simone Mazzer, Edna Aguiar, Karen Debértolis, Raquel Scotti Hirson, Ana Cristina Colla, Camilla Farias e Fernanda Magalhães. Além de uma música da banda londrinense Turbo.

O trabalho é resultado das pesquisas de Pós-Doutorado desenvolvidas pela artista londrinense no LUME – Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais da UNICAMP, que tem como supervisoras as duas atrizes convidadas do projeto.

Os ingressos para a performance “Grassa Crua” já estão à venda no setor de atendimento ao público no Sesc Cadeião Cultural. Os valores são R$ 10( inteira), R$ 5 (meia) e R$ 2 (comerciários). 

Sobre “Grassa Crua”:

Esta performance de Fernanda Magalhães surge dos desdobramentos de outros trabalhos nos quais o corpo é sempre lugar de inscrições e, ao mesmo, tempo mediador e lugar de ativações. Grassa Crua surge dos embates do corpo em busca de seus próprios pontos de relações. Movimentos, percepções, ilusões e confrontos. Extrapolar normas, espaços contidos e regras impostas para a conformação de todos. Surge das necessidades em expandir o corpo, na busca por soltar as amarras que ainda teimam em enferrujar juntas, ligamentos e emoções. O corpo que se posiciona e ocupa espaços ainda necessita de outros movimentos para que olhares, sombras e respirações possam ser absorvidos com tempos distendidos nos fluxos de ações.