23°
Máx
12°
Min

Lançamento do “Livro de Fotografias de André Carneiro” será em Curitiba

(Foto: Divulgação) - Lançamento do “Livro de Fotografias de André Carneiro”
(Foto: Divulgação)

As fotografias retratam momentos que jamais serão repetidos – seja pelo local, pelas imagens, pelas representações e até mesmo por quem as retratou. Sendo assim, uma obra fotográfica expressiva não poderia ficar apenas no álbum da família. Assim, o projeto cultural aprovado pela Lei de Incentivo da Fundação Cultural de Curitiba abre as portas para a realização de um sonho: o lançamento do livro “André Carneiro: Fotografias”. Sob a curadoria do fotógrafo João Urban, o livro - que traz 80 fotografias em preto e branco tiradas entre os anos 1950 e 1970 em Atibaia, interior de São Paulo e capital – será lançado nesta quarta-feira, dia 19, às 18h30, na Livraria Arte & Letra, em Curitiba.

Quem está à frente do projeto é o filho de André, Mauricio Soares Carneiro, músico da Orquestra Sinfônica do Paraná e professor de clarinete na Escola de Música e Belas Artes do Paraná – EMBAP. “Sempre organizei e cuidei da obra artística de meu pai desde que ele veio residir em Curitiba, no ano 2000, por causa de um quadro de glaucoma avançado. Este livro é a concretização de parte significativa da obra fotográfica dele”, explica Mauricio, que idealizou o projeto e o encaminhou a Monica Drummond para elaboração. “A curadoria é do fotógrafo João Urban, que assina também um texto de apresentação. A obra traz ainda um pequeno texto meu e outro de meu irmão, o historiador Henrique Soares Carneiro”.

Mauricio selecionou, organizou e encaminhou as imagens ao fotógrafo João Urban para que fizesse a seleção para a composição do livro – um material praticamente desconhecido do público. “Graças à aprovação do projeto junto à Fundação Cultural de Curitiba e, posteriormente, à aceitação e à captação da Caixa Econômica Federal, tornou-se possível a concretização desta ideia”, diz Mauricio.

Mas quem foi André Carneiro? 

Considerado um pioneiro da fotografia modernista no Brasil, Carneiro foi um artista de carreira múltipla: dentro suas habilidades, foi artista plástico, cineasta, publicitário e estudioso de parapsicologia e hipnotismo. Entretanto, é mais conhecido por sua obra literária: foi romancista, poeta e ensaísta. Possui muitas obras publicadas no Brasil e no exterior. Para Mauricio, mais que um pai, André Carneiro “foi um dos mais importantes escritores de ficção científica brasileiros, além de ser um dos poetas da geração de 45 mais produtivos e com extensa obra publicada e traduzida”.

Todo o trabalho realizado por André Carneiro ao longo dos 92 anos que viveu rendeu-lhe o título de “Da Vinci brasileiro”. E não foi para menos: ele era um visionário, uma pessoa que ia além das barreiras impostas; acreditava muito no avanço científico e humanitário. As imagens do livro representam as convicções e os ideais que trazia na alma além de traçar um panorama da fotografia modernista brasileira.

Serviço

Evento: Lançamento do “Livro de Fotografias de André Carneiro”

Data: 19 de outubro (quarta-feira)

Local: Livraria Arte & Letra

Endereço: Alameda D. Pedro II, 44 – Batel

Horário: 18h30