27°
Máx
13°
Min

Morre aos 74 anos o ator e dublador Sílvio Navas

Faleceu na noite de sexta-feira, 29, em Santos, no litoral sul de São Paulo, o ator e dublador Sílvio Navas. Ele tinha 74 anos. A causa da morte não foi divulgada. Chamado de 'o dublador das mil vozes', Navas era dono de um dos timbres mais marcantes e conhecidos do País, e fez parte do elenco das principais produtoras, entre elas a Herbert Richards e a AIC, na qual começou a carreira.

Nascido em Santos, em 15 de março de 1942, mudou-se para Rio de Janeiro na década de 1960, cidade onde morou durante muitos anos. Foi o primeiro dublador brasileiro de Darth Vader (Star Wars, episódios IV, V e VI). Em 1978, liderou a greve de dubladores durante a ditadura militar. No final da década de 1990 voltou para Santos, onde passou a dar aulas de dublagem.

Sua lista de trabalhos é enorme. Destacam-se personagens como Papai Smurf e Mumm-Ra (Thundercats), a primeira dublagem em português de Carl Sagan na série Cosmos, a voz ator Bud Spencer em quase todos os seus filmes, de Charles Chaplin em quatro produções (O Grande Ditador, Monsieur Verdoux, Luzes da Ribalta e Um Rei em Nova York), e do ator Joe Pesci, na franquia Esqueceram de Mim. Em 1971, dublou Gene Wilder (Willy Wonka) no classico A Fantástica Fábrica de Chocolate.

Seu último trabalho como ator foi no longa-metragem O Indulto (independente e sem fins lucrativos), produzido pelo Canal Sun 21 HD, gravado em 2014 na cidade de Ourinhos, no interior de SP. "Sílvio foi o maior dublador brasileiro de todos os tempos", diz o diretor Samuel Sanches. Navas fez participação especial, em 2012, do curta 'Outland', da mesma produtora, exibido em 26 países.

"Aprendi com um mestre, foi uma aula de interpretação, ele não errava uma fala do texto, era impecável, um domínio em cena na frente das câmeras que se traduzia por trás delas, na dublagem das centenas de personagens aos quais ele deu vida. Interpretar um outro ator e criar em cima de uma interpretação é para poucos, e Sílvio o fazia como se fosse algo simples", diz Sanches. "Era um contador de histórias. Por onde passava, reunia uma multidão ao seu redor. Era meu amigo, tinha personalidade forte, deixa um legado cultural imenso", afirma o diretor.

"Conversei com ele por telefone há umas semanas. Com voz firme, como que se despedindo, disse 'obrigado, Samuel, pela oportunidade de participar do filme de sua família'. E sempre me ligava no meu aniversário", lembra Sanches.

Em 2012, Sílvio Navas sofreu uma queda em casa, fraturou o fêmur e foi submetido a uma cirurgia para colocação de uma prótese. Apesar da boa recuperação, passou a usar uma bengala. Dois anos depois, foi diagnosticado com Alzheimer.

"Logo após o diagnóstico, nós conversamos e ele me disse que poderia começar a esquecer o texto e até não reconhecer as pessoas. Em 2015, na nossa última conversa, levou mais de uma hora para lembrar quem eu era. É uma pena que um talento desse porte vá embora. E também é lamentável que o País não reconheça artistas dessa qualidade", afirma Samuel Sanches.

Sílvio Navas estava internado na Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Santos, com um quadro de infecção, e aguardava na fila do SUS (Sistema Único de Saúde) para ser submetido a uma cirurgia de retirada da prótese da perna. Ele faleceu às 18h30 de sexta-feira, 29.

Abaixo, a lista completa de trabalhos de Sílvio Navas.

- Gene Wilder em A Fantástica Fábrica de Chocolate e O Expresso de Chicago.

- O pai da princesa Rune Venus em El Hazard

- O mago narrador da história de Conan em Conan o bárbaro

- Morcegão em As Peripécias do Ratinho Detetive

- Mumm-Ra em Thundercats

- Cy-Kill em Gobots

- Monstro Estelar em Silverhawks

- Darth Vader em Star Wars (primeira dublagem - Herbert Richers - episódios 4, 5 e 6)

- Homem Raio em Bob Esponja

- Chefe Índio Pele Vermelha em Peter Pan (segunda dublagem - Herbert Richers - SBT - 1991)

- Deslock em Patrulha Estelar

- Imperador Geldon em O Pirata do Espaço

- Vulcão Negro e em alguns episódios Super-Homem e Mxyzptlk, no desenho Superamigos

- Todos os personagens do desenho Família Barbapapa

- Gomez no desenho A Família Addams

- Papai Smurf, Fazendeiro e Vaidoso em Smurfs

- Catchum Crocodilo no desenho A Nossa Turma

- Carl Sagan na série Cosmos (primeira dublagem)

- Charles Ingals em Os Pioneiros

- ED-209 e narrador do filme Robocop

- Strabo em Demetrius e Os Gladiadores

- Pete Thornton (o amigo de MacGyver) em Profissão Perigo

- Fred Flintstone (John Goodman) no filme Os Flintstones

- O ator Bud Spencer em quase todos seus filmes

- Hammer T. no desenho Cadillacs and Dinosaurs (transmitido em Band Kids, no ano de 2000)

- Bender em Futurama (3ª temporada; Substituíndo Aldo César, que faleceu)

- Rei Cold e Rei Cutelo em Dragon Ball Z (a partir da saga de Cell, substituíndo João Batista, que na mesma saga dublou o Cell)

- Homem-Raio no episódio Homem-Sereia e Mexilhãozinho 3 em Bob Esponja

- Ministro Yamagata nos episódios finais de Rurouni Kenshin

- Xia Fung (demônio do vento), o pai da menina Jade e diversos personagens secundários em As Aventuras de Jackie Chan

- Victor Maitland em Um Tira da Pesada

- Inspetor Todd em Um Tira da Pesada 2

- O diabólico Palhaço / Violador em Spawn, na dublagem para VHS.

- Coletor de doações (rato) em O Conto de Natal do Mickey

- Gripper em Rambo (desenho)

- O dragão Granamir e muitos personagens com aparições únicas em He-Man

- Harry Lime (Joe Pesci) em Esqueceram de Mim e Esqueceram de Mim 2: Perdido em Nova Iorque

- Harry Wormwood e narrador do filme Matilda

- Sargento Garcia na Série do Zorro - Tv Record

- Fazendeiro Arthur Hoggett (James Cromwell) - Babe, o Porquinho Atrapalhado e Babe, o Porquinho Atrapalhado na Cidade

- Irmãos Bacalhau em Os Apuros de Penelope Charmosa (redublagem)

- Bruce (Cristopher Lloyd) em Espero que você morra

- Charles Chaplin em O Grande Ditador, Monsieur Verdoux, Luzes da Ribalta e Um Rei em Nova York.

- Robert Mitchum, em Um Assassino em Família (1983).

- Demônio do fliperama no episódio O Bispo da Batalha em Pesadelos Diabólicos (Nightmares) (1987)

- Participação (vozes de personagens secundários) nas dublagens de Alf, o Teimoso, Duck Tales, Timão e Pumba e A Turma do Pateta.

- Cardeal Richelieu no desenho animado D'Artagnan e os Três Mosqueteiros