27°
Máx
13°
Min

Na 14ª Semana Nacional de Museus, Ecomuseu aborda paisagens culturais

Foto: Assessoria - Na 14ª Semana Nacional de Museus, Ecomuseu aborda paisagens culturais
Foto: Assessoria

O Ecomuseu de Itaipu participará da 14ª Semana Nacional de Museus – evento promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e que, entre 16 e 22 de maio, mobilizará 1.236 museus e instituições culturais de todo o Brasil para fazer uma análise sobre as paisagens culturais, principalmente a influência da interferência humana na entorno desses locais.

A programação do Ecomuseu vai de terça (17) a sexta-feira (20). Os visitantes farão um circuito de cerca de 1h30 pelos atrativos do Ecomuseu e passarão por um mural de fotos feitas por alunos da região, que mostrará o próprio olhar sobre o local onde vivem. 

"Queremos mostrar como eles enxergam o seu espaço", diz a educadora ambiental Lucilei Rossasi, do Ecomuseu. 

As fotos foram feitas em uma oficina com o mesmo enfoque. Serão quatro atendimentos por dia. Já confirmaram a participação na semana dez escolas da região, um total de 420 pessoas entre estudantes e professores. No sábado (21), o Ecomuseu fará uma oficina socieducativa e recreativa para que as pessoas identifiquem, de forma lúdica, elementos de sua paisagem. A oficina tem 100 inscritos, entre crianças e adultos.

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14.000 MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,31 bilhões de MWh. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de cerca de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 75 % do Paraguai. Desde 2003, Itaipu tem como missão empresarial “gerar energia elétrica de qualidade, com responsabilidade social e ambiental, impulsionando o desenvolvimento econômico, turístico e tecnológico, sustentável, no Brasil e no Paraguai”. 

A empresa tem ainda como visão de futuro chegar a 2020 como “a geradora de energia limpa e renovável com o melhor desempenho operativo e as melhores práticas de sustentabilidade do mundo, impulsionando o desenvolvimento sustentável e a integração regional”.

Colaboração: Assessoria de imprensa