26°
Máx
19°
Min

Okupação do MARL lança campanha de Financiamento Colaborativo

(foto: Lucas Godoy) - Okupação do MARL lança campanha de Financiamento Colaborativo
(foto: Lucas Godoy)

Começou nesta segunda-feira (22) e vai até o dia 23 de Setembro a campanha de financiamento colaborativo que busca custear a reforma do barracão ocupado pelo Movimento dos Artistas de Rua de Londrina, o MARL. Desde o dia 27 de junho, o Movimento ocupa o prédio localizado na Avenida Duque de Caxias, que já foi sede da ULES e foi cedido aos artistas pelo poder público no último mês. Com a reforma, o prédio vai voltar a funcionar como espaço cultural londrinense.

A campanha de financiamento colaborativo é um mecanismo a que muitos grupos, os culturais em especial, tem recorrido para financiar seus projetos. Londrina tem boas experiências no histórico, como o Encontro de Contadores de História (ECOH) que no ano passado financiou toda a edição com contribuições, bandas como a Montauk, que lançou seu primeiro CDs por meio do crowdfunding, entre outros.

E é a simplicidade no processo a principal responsável pelo sucesso das empreitadas. “Basicamente, a pessoa interessada em contribuir precisa entrar na página da campanha, escolher o valor, a recompensa e contribuir. A plataforma gera um boleto, que pode ser pago em qualquer agência bancária e o dinheiro fica retido no site, que é o intermediário dessa relação. Com a meta alcançada, a verba recolhida vai para o destino final, que no nosso caso é a reforma do barracão, e o público recebe as recompensas conforme o valor da sua contribuição”, explica Danilo Lagoeiro, ator e integrante do MARL.

Okupa MARL

A campanha de reforma do barracão do MARL traz 12 diferentes possibilidades de contribuir. Com valores entre R$20,00 e R$5 mil, a campanha vai durar 34 dias e é constituída de três “metas”. A primeira delas busca arrecadar R$20 mil e vai custear a reforma estrutural do prédio, os banheiros, portas e janelas, além dos itens de segurança. Com essa meta garantida, o MARL vai buscar mais $5 mil, que é o valor necessário para reformar o telhado do barracão. Por fim, com essa segunda meta alcançada, o MARL vai buscar o terceiro e último de seus objetivos, mais R5 mil. Totalizando R$30 mil, o Movimento vai adquirir móveis de escritório, e alguma estrutura de som e iluminação para o espaço.

“O mais importante, sobre a campanha, é que ela é baseada no ‘tudo ou nada’, isso quer dizer que se não batermos a meta em sua totalidade, nós não levamos o dinheiro. Se ao final da campanha, nós arrecadarmos 19 mil reais, e não os 20, o dinheiro é devolvido aos participantes e a reforma não acontece”, explica Danilo Lagoeiro, um dos integrantes do MARL. “Por isso a nossa preocupação em dividir as metas em etapas, pra nós é imprescindível realizar pelo menos a reforma estrutural e garantir que a gente possa abrir as portas desse espaço cultural que nós tanto sonhamos em fazer funcionar”, completa.

Recompensas da cidade

Quando contribui com um dos 12 valores estipulados para a campanha, o colaborador recebe “recompensas” do MARL. Assim, entrando no site e contribuindo com R$50,00, por exemplo, o colaborador recebe em troca da sua contribuição um kit especial com bottons, zines, e objetos artesanais. Os valores variam e, com eles, variam também as recompensas.

“A gente conseguiu reunir muitos parceiros para essa campanha. São músicos, artesão, grupos de teatro, artistas plásticos, escritores, muitas pessoas do movimento cultural londrinense que doaram objetos de sua autoria e de seu acervo para costruir a ‘lojinha do MARL’ e garantir as recompensas da nossa campanha”, conta Danilo.

Rede Brasileira de Teatro de Rua

Uma das maiores preocupações do Movimento é garantir que a reforma seja realizada ainda esse ano, até o final de novembro. O motivo principal é o encontro da Rede Brasileira de Teatro de Rua e Rede Paranaense de Teatro de Rua, que acontecem em dezembro, em Londrina e tem o MARL como anfitrião.

Como Contribuir

Para contribuir com a reforma do MARL, basta acessar o link https://benfeitoria.com/okupamarl e escolher um valor entre R$20,00 e R$5 mil para contribuir. A plataforma permite mais de uma doação por pessoa e também é possível realizar contribuições como Pessoa Jurídica.

(com assessoria de imprensa)