24°
Máx
17°
Min

Plano Municipal de Cultura será debatido em conferência na terça

(foto: Divulgação) - Plano Municipal de Cultura será debatido em conferência na terça
(foto: Divulgação)

Está marcada para esta terça-feira, 26 de abril, a 17ª Conferência Municipal de Cultura, organizada pela Prefeitura de Ponta Grossa, por meio da Fundação Municipal de Cultura, e pelo Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC). O encontro começa às 19h30, em primeira chamada, no auditório da Biblioteca Pública Municipal Prof. Bruno Enei (Complexo Cultural Jovanni Pedro Masini, em Olarias).

O diretor do Departamento de Cultura, Cirillo Barbisan, destaca a importância da participação dos artistas e produtores culturais da cidade neste momento. “Nesta edição da Conferência vamos discutir o Plano Municipal de Cultura, um dos últimos passos para que possamos finalmente implantar o Sistema Municipal de Cultura. Assim, estaremos aptos a receber recursos federais, pois vamos integrar o Sistema Nacional de Cultura. É de fundamental importância que a comunidade cultural da cidade participe desta discussão, para definirmos as metas e ações que terão prioridade em Ponta Grossa”, afirma.

A Conferência terá a participação do responsável pelos Núcleos Regionais de Cultura do Paraná, Beto Lanza. Representante da Secretaria de Estado da Cultura, o assessor técnico deve falar sobre o processo de implantação do Plano Estadual de Cultura, que também está sendo finalizado. “A proposta é aproveitar as Diretrizes Culturais de Ponta Grossa, aprovadas em 2015, que já estão, em grande parte, em sintonia com o que prevê o plano federal e estadual”, conta Cirillo. Ao todo, o documento contém 63 diretrizes e metas, sendo 46 ações de Literatura, 34 ações de Música, 46 de Artes Visuais, 37 de Artes Cênicas, 31 de Artes Populares, 04 de Ensino de Arte e 07 de Patrimônio Cultural. O arquivo está disponível para consulta no www.culturapg.com.br/memoria.

Além do debate, será eleito também o novo representante para a cadeira de Teatro no CMPC, que ficou vaga após a saída da titular eleita ano passado.