21°
Máx
17°
Min

Ponta Grossa recebe oficina de corpo acrobático neste sábado

(Foto: Divulgação) - Ponta Grossa recebe oficina de corpo acrobático neste sábado
(Foto: Divulgação)

O Circuito Cultural Sesi chega a Ponta Grossa neste sábado (7) apresentando o espetáculo teatral ‘Palhaços’, às 20h, e uma oficina de Corpo Acrobático, às 15h. As atividades acontecem no auditório B do Cine-Teatro Ópera, todas com entrada gratuita, e contam com o apoio da da Fundação Municipal de Cultura. As inscrições devem ser feitas pelo site da Fundação. Serão disponibilizadas apenas 20 vagas.

Com duração de uma hora, Corpo Acrobático aborda acrobacias de solo, onde trabalha a força, resistência e flexibilidade. O movimento está vinculado diretamente à emoção, portanto, esse trabalho tem o objetivo de trazer à tona questões pessoais através dos processos de cada um. O trabalho é desenvolvido para cada participante, com exercícios dentro de seus limites e possibilidades.

A oficina será ministrada pela bailarina Marina Prado. Formada pela Faculdade de Artes do Paraná, Marina é especialista em Atividades Acrobáticas do Circo e da Ginástica pela PUC-PR e pesquisadora do corpo e do movimento, além de desenvolver pesquisas e cursos de Acrobacias Aéreas (tecido acrobático, Lira e Trapézio Fixo), Duo Acrobático, Tango, Sapateado e Dança Contemporânea.

Espetáculo ‘Palhaços’

No enredo, ao assistir apresentação do circo, Benvindo, o fã, vendedor de uma loja de calçados, aspirante a gerente e, como fã incondicional do artista palhaço Careta – esperançoso por um inocente bate-papo – vai cumprimentá-lo no camarim após o espetáculo. Não sabia, porém, que a proximidade da realização de um sonho poria também à prova as suas mais puras aspirações.

“O público invade o teatro e vai parabenizar o artista. No entanto, nesse encontro os dois se revelam. É um espetáculo questionador sobre ser artista e as representações sociais que as pessoas fazem na sua vida”, explica a diretora Mariana Zanette, que montou a peça pela primeira vez 16 anos atrás, quando ainda estava na faculdade. “O texto é o mesmo, do cientista social paulista Timochenco Wehbi, mas com o passar do tempo e com minhas experiências foi sendo adaptado”.

Por meio da postura do palhaço Careta, que trava um diálogo contestador com o seu interlocutor, a peça mostra a realidade vivida pelos artistas atualmente, questiona o papel da arte e o que a sociedade contemporânea espera da classe. Careta, o palhaço, tira sua “máscara” e revela o ser humano por traz do artista. Com todas as suas dores, questionamentos, decepções e anseios. E os papeis são claramente invertidos. No decorrer do espetáculo, vemos um homem comum ter atitudes tipicamente clownescas e o palhaço transforma-se em um homem comum adicionando pitadas de atitudes cruéis ao seu comportamento diante do fã.

“Os dois se revelam. Um enquanto artista e outro enquanto trabalhador e amante da arte, mas que também é dirigido e colocado como palhaço da sociedade”, diz Mariana. Em cena ainda estão dois artistas circenses e dois músicos, que tocam ao vivo e dialogam com o texto, conferindo mais elementos do universo do circo. O cenário é adaptável a diferentes tamanhos de espaços, podendo ser itinerante, assim como o circo.

 

Serviço

Oficina ‘Corpo Acrobático’

  • Data: 07 de maio
  • Horário: 15h
  • Local: Cine Teatro Ópera - Auditório B
  • Informações: (42) 3901-1592
  • Participação: gratuita
  • Inscrições: www.culturapg.com.br/eventoswww.culturapg.com.br/eventos

Espetáculo ‘Palhaços’

  • Data: 07 de maio
  • Horário: 20h
  • Local: Cine Teatro Ópera - Auditório B
  • Informações: (42) 3219-5028
  • Entrada: gratuita (sujeito à lotação do espaço).
  • Classificação indicativa: Livre

Colaboração Assessoria de Imprensa.