27°
Máx
13°
Min

Projeto incentiva teatro e leva espetáculo a Castro

 (Foto: Divulgação) - Projeto incentiva teatro e leva espetáculo a Castro
(Foto: Divulgação)

Os alunos da rede municipal e estadual de Castro, a 40 quilômetros de Ponta Grossa, assistiram nesta quinta-feira (7) à peça teatral Histórias Brincantes de Muitas Mainhas, da Companhia do Abração Espaço de Arte e Cultura, apresentada no Teatro Bento Mossurunga.

O espetáculo foi acompanhado por mais de 300 alunos de 3º, 4º e 5º ano do ensino fundamental das escolas municipais Bernardo Litzinger, Vicente Machado e do Ensino para Jovens e Adultos da escola municipal Jair Lopes. Os alunos do 3º ano do Ensino Médio do colégio estadual Antônio e Marcos Cavanis também participaram. O projeto idealizado pela Companhia Abração – Espaço de Arte e Cultura, é chamado Abraçando o Paraná e realizado através do Ministério da Cultura, pelo Programa Nacional de Apoio à Cultura, instituído pela Lei Rouanet.

A responsável pela Biblioteca Cidadã em Castro, Monica Bueno, destaca a importância do acesso ao teatro para os estudantes. “A Companhia Abração nos contatou divulgando o projeto e aceitamos a parceria de imediato. O acesso ao teatro e à cultura é muito importante para nossos alunos, principalmente considerando a estrutura que possuímos, eles ficaram impressionados com o nosso teatro Bento Mossurunga”, conta Monica.

De acordo com uma das produtoras da Companhia Abração, Karen Oniesko, essa é a primeira etapa do projeto, que selecionou quatro cidades paranaenses de menor porte para levar a peça, e Castro foi uma das escolhidas. “Castro é a terceira cidade a receber a peça. Nessa primeira fase o projeto é levado para cidades menores, e na segunda etapa as cidades maiores devem sediar o espetáculo. O objetivo é mapear o teatro no Paraná, verificar quais as cidades têm mais carência e mais público para teatro, e ainda quais as companhias e produções próprias dos municípios. Para que com essas informações, posteriormente possamos estimular e fortalecer o teatro em nosso estado”, completa.

Karen conta que a peça Histórias Brincantes de Mainha é destinada a públicos de todas as idades. A obra é inspirada em vários livros, mas principalmente na obra ‘Se as coisas fossem mães’, de Silvia Orthof. “O objetivo é trazer uma história que aguce a imaginação assim como as crianças são capazes de fazer, permitindo que o público encontre a criança que existe em si. Escolhemos peças que estimulem a apreciação pelo teatro pelas cidades que passamos”, completa Karen.

Colaboração Assessoria de Imprensa.