23°
Máx
12°
Min

Teatro Mãe de Deus é inaugurado em Londrina

Depois de nove anos, foi inaugurado na manhã desta sexta-feira (5) em Londrina o Teatro Mãe de Deus, novo espaço cultural com capacidade para 535 lugares. A construção do espaço se iniciou em 2007, mas foi interrompida na época por falta de capital.

A obra foi orçada em pouco mais de R$ 15 milhões. O prédio foi construído com planejamento acústico, uma área de auditório de 457 metros quadrados, palco com 88 metros quadrados, que permite a apresentação de grandes espetáculos, 535 lugares, ar condicionado adequado ao espaço e acessibilidade.

 O teatro conta, ainda, com um sistema cênico moderno, espaços técnicos com projeção, iluminação e sonorização, sala de tradução e camarins completos. O foyer (área externa do auditório), com 250 metros quadrados, tem capacidade para 230 pessoas e um acabamento refinado.

 O Teatro Mãe de Deus é o maior projeto cultural aprovado pelo Ministério da Cultura em Londrina pela Lei Rouanet, que permite 100% de abatimento do valor investido, no imposto devido, tanto para pessoas físicas como para jurídicas. Copel e Sanepar destinaram, juntas, mais de R$ 2,95 milhões para o projeto.

“Uma belíssima obra do Colégio Mãe de Deus, instituição muito tradicional de Londrina, que atua na educação e formação há 80 anos, praticamente a idade da cidade. Várias empresas públicas contribuíram para que pudessemos testemunhar esse momento histórico para Londrina. Um empreendimento que contou com o apoio do governo estadual e governo federal para o desenvolvimento cultural da região”, afirmou o governador Beto Richa.

 A gestora administrativa do Colégio Mãe de Deus, Irmã Rosa Maria Ruthes, também coordenadora da construção do teatro, ressaltou a participação das empresas públicas do Paraná para a viabilização da obra. “Somos muito gratos ao Governo do Estado, que foi o principal apoiador do projeto, e ao governador Beto Richa, pela sensibilidade. Ele veio aqui, conheceu o projeto, viu a necessidade e se empenhou para realizá-lo”, disse ela. “É um teatro de grande capacidade, confortável, de boa visibilidade do palco. Um teatro refinado, muito acolhedor, com equipamentos de última geração. Tudo à altura da cidade de Londrina”, afirmou ela.

(com informações da Agência Estadual de Notícias)