27°
Máx
13°
Min

Tribo Hippies do Hair promete divertir cascavelenses

Foto: Divulgação - Tribo Hippies do Hair promete divertir cascavelenses
Foto: Divulgação

No auge dos anos 60 e 70, um grupo de hippies tomava conta do cinema americano. Com a temática da integração racial, liberdade sexual e drogas, Hair foi uma produção marcante que saiu dos palcos da Broadway para dominar um grande espaço na sétima arte.

Escrito por James Rado e Gerome Ragni, Hair estreou em 1967, na cidade de Nova York. A peça conta a história da “Tribo”, um grupo de jovens hippies que defendem a paz e a livre expressão do amor em todas as suas formas e lutam contra o alistamento militar para a guerra do Vietnã.

Com destaque para a trilha sonora, inovadora e empolgante, a peça tornou-se sucesso instantâneo e, agora, chega ao palco do Teatro Municipal de Cascavel neste sábado (13).

Encerrando a programação inicial do 30º Festival de Teatro do Município, Hair conta com 20 atores no elenco e a proposta é diferenciada. “A gente trouxe pra cá toda a dinâmica da Broadway: canto, dança, música... Então, as pessoas cantam, dançam ao vivo, atuam na hora. Tudo é feito ali no palco”, destaca Fabio Fernandes, ator e diretor do musical Hair, em Cascavel. “Sem contar que por ter essa proposta de fazer tudo ao vivo, o musical é inovador. Eu garanto que Cascavel nunca viu nada igual”, complementa ele.

Serão duas horas de espetáculo e como tudo será feito ao vivo, Fábio confirma que as dificuldades são grandes, mas os resultados são ainda maiores – e melhores. “O tempo inteiro, temos pelo menos 20 pessoas no palco porque as saídas são muito rápidas. É muito mais trabalhoso, mas o resultado é surpreendente”, enfatiza Fabio.

PRODUÇÃO E TEMÁTICA

A iniciativa de recriar o universo hippie de Hair em Cascavel foi de Fabio Fernandes, formado em teatro musical em São Paulo. Na cidade, ele já produziu e protagonizou outros espetáculos como O Rei Leão e A Bela e a Fera.

Mas para resgatar a tribo hippie, o primeiro passo da produção cascavelense foi encontrar profissionais que pudessem cantar, dança e atuar. Os selecionados participaram de workshops com a equipe da peça durante seis meses.

Hair se tornou sinônimo de sucesso quando estreou nos cinemas por tratar de temas pungentes da época, como a Guerra do Vietnã, as drogas e o sexo. Mas agora, em pleno ano de 2016, Hair traz consigo uma pegada de atemporalidade, já que seus temas conversam com o público atual. “O Hair fala muito do que muitas pessoas estão procurando: não à violência, não à guerra, a liberdade de expressão, a liberdade como ser humano... Assim, um espetáculo lá de 68 se torna atual agora. Essa é a mágica do musical”, complementa Fábio.

Diante de tanta inovação e atualidade, a primeira apresentação do musical Hair será no neste fim de semana, no Teatro Municipal de Cascavel, às 20h30. O ingresso inteiro custa R$30,00 e a meia entrada R$15,00. As vendas já estão sendo feitas pelo site da Ok Ingressos ou com o elenco do musical.

Colaboração: Assessoria