24°
Máx
17°
Min

Vencedores do Troféu Gralha Azul festejam no Guairinha

(Foto: Divulgação) - Vencedores do Troféu Gralha Azul festejam no Guairinha
(Foto: Divulgação)

O auditório Salvador de Ferrante (Guairinha), em Curitiba, ficou lotado nesta terça-feira (23) para a entrega do 36º Troféu Gralha Azul aos melhores do teatro paranaense. Foram inscritas 68 peças, que concorreram em 14 categorias, julgadas no período de agosto de 2015 a junho de 2016.

Além do troféu Gralha Azul - imagem criada em 1975 por Ivens Fontoura - os vencedores receberam premiação em dinheiro. Nesta edição foram homenageados Gehad Hajar (prêmio especial), pela recuperação de espaços culturais em Curitiba e pelo incentivo à ópera, e Antônio Cláudio Nardelli (técnico do ano), pelo trabalho de 22 anos como iluminador, sonoplasta e operador de luz e de som. 

Integraram a comissão julgadora desta edição Luigi Carvalho, Fernando Klug, Alitheia Karla Silva, Fernando Cardoso, Christina Caldas, Regina Razzolini e Sonia Morena. 

A direção cênica da premiação de entrega foi de Edson Bueno que fez homenagem aos 400 anos de morte do dramaturgo William Shakespeare. 

A cantora Michele Mara fez uma participação em homenagem a atores, atrizes e técnicos falecidos nos anos de 2015 e 2016. Ao som da música Força Estranha, de Caetano Veloso, foram lembrados Altamira De Oliveira, Carlos Alberto de Bastos, Wanderlei dos Anjos, Juracy Ribeiro Lucas, Eloina Duvoisin Ferreira, Claudete Pereira Jorge, Wagner Wardzinski, Silvana Silva dos Santos, Miguel Esposito, Marcio Waldemar Paes de Almeida, José Maria de Almeida e Marly Garcia Correia.

Histórico

O Troféu Gralha Azul foi criado em 1974 para celebrar o talento dos artistas, a capacidade dos técnicos e a qualidade dos produtores teatrais do Paraná. Esta premiação foi criação de Edson D'Ávila, Delcy D'Ávila, Yara Sarmento e Waldir Manfredini.

A primeira premiação aconteceu em 1975 e o espetáculo vencedor foi Paraná Terra de Todas as Gentes (autores Adherbal Fortes e Paulo Vítola, direção Maurício Távora). Esta montagem inaugurou o auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (Guairão) em 12 de dezembro de 1974.

Vencedores do 36º Troféu Gralha Azul

Espetáculo

PROJETO BRASIL/Companhia Brasileira de Teatro


Espetáculo para crianças

KARTAS DE UMA BONEKA VIAJANTE/Cia do Abração


Direção 

Marcio Abreu, por PROJETO BRASIl


Direção espetáculo para crianças 

Letícia Guimarães, por KARTAS DE UMA BONEKA VIAJANTE 


Atriz

Anne Celli, por NO DIA SEGUINTE - A QUASE HISTÓRIA DA TEVÊ BRASILEIRA

Giovana Soar, por PROJETO BRASIL


Ator

Rodrigo Bolzan, por PROJETO BRASIL


Atriz coadjuvante 

Helena Tezza, por NUON 

Janine Campos, por NUON


Ator coadjuvante

Marcelo Rodrigues, por NUON 

Rogério Soares, por PALHAÇOS


Revelação 

Bruno Rodrigues, por LEOCÁDIO, A VIDA CONTINUA


Iluminação 

Beto Bruel e Rodrigo Ziolkoswski - por NUON


Sonoplastia 

Mateus Ferrari, por NUON


Figurino 

Eduardo Giacomini, por NUON


Cenário

Aorélio Domingues, por A NAVE DOS INSENSATOS 


Texto original e/ou adaptado

Letícia Guimarães, por KARTAS DE UMA BONEKA VIAJANTE

Marcio Abreu, Nadja Naira, Giovana Soar e Rodrigo Bolzan – por PROJETO BRASIL