23°
Máx
12°
Min

Virada Sustentável chega à 3ª edição com meditação, shows e exposições

A Organização das Nações Unidas (ONU) define em 17 os objetivos necessários para que o mundo seja um lugar 'sustentável,' num aspecto mais amplo da palavra. Erradicação da pobreza, igualdade de gênero, energia acessível e limpa, consumo e produção responsáveis e combate às alterações climáticas são alguns dos norteadores da instituição para quem quer fazer a diferença. Usando esses pontos como inspiração, acontece em São Paulo a 6ª edição da Virada Sustentável, a partir desta quinta-feira, 25.

O evento, que já tem edições em cidades como Manaus e Porto Alegre e atua em conjunto com a iniciativa privada e os governos, utiliza atrações culturais e atividades lúdicas para discutir localmente os temas que são de interesse global. São abordados assuntos como mobilidade urbana (caminhada, bicicleta e uso do transporte público), inclusão de pessoas com deficiência (acessibilidade, necessidades especiais) e ocupação do espaço público (parques e praças).

Em São Paulo, são 880 atividades, em espaços como Parque do Ibirapuera, Biblioteca do Parque Villa Lobos, Parque Burle Marx, Unibes Cultural e os diversos Centros Educacionais Unificados (CEUs) espalhados pela cidade. O evento também promove meditações coletivas no vão do MASP, na quinta-feira, às 12h, e no topo do Edifício Martinelli, às 9h de domingo.

Destaques:

Parque do Ibirapuera

No sábado e no domingo, das 10h às 18h, uma parede de escalada de 8 metros de altura levará o público a refletir sobre as mudanças climáticas. A atração será instalada ao lado do auditório do Parque Ibirapuera. Também no final de semana, no gramado, a instalação "Amazônia perto de você" apresenta uma tenda que proporciona uma experiência visual e sensorial pela maior floresta do mundo.

A programação Zen também ocupa o parque, com oficina de mandalas naturais no sábado e aula ioga no domingo. As atrações musicais acontecem no sábado,a partir das 15h, com DJ, música ao vivo e oficina para as crianças. Participações do DJ Tahira, executando versões de clássicos, além dos músicos Marcelo Monteiro, Gui Douvignaun e Thiago Duar.

Museu da Casa Brasileira - Itaim Bibi

No domingo, 28, a Virada Sustentável promove o projeto Música no MCB, às 11h, com uma homenagem a Radamés Gnatalli, apresentada pelo Sexteto Serau. O evento segue com brincadeiras no jardim e as atividades 'Diálogo de Guerreiros', 'Circuito de Tambores Comunitário', aula de ioga e jazz meditativo.

Unibes Cultural - Sumaré

O Unibes Cultural recebe rodas de conversa, oficinas e peças de teatro. Na sexta, 26, às 17h, o espaço recebe o show da banda O Terno, de rock experimental. No mesmo dia, a partir das 21h, é a vez de 'Música e Meditação no Escuro - Trovadores Urbanos', com participação especial Narayani. O espetáculo tem o ritual de desligar de celulares e apagar de luzes, aos poucos.

No fim de semana, acontecem os debates do 'Contaí'. Serão doze palestras com 10 minutos cada, abordando temas relacionados à sustentabilidade como água, mobilidade urbana, saúde e educação. No Unibes, também haverá sessões gratuitas da mostra 'Diálogos no Escuro', um passeio conduzido por guias deficientes visuais, numa experiência multissensorial.

Bibliotecas

As Bibliotecas do Parque Villa-Lobos (BVL) e de São Paulo(BSP), no Parque da Juventude, recebem exposições, mostra de filmes, contação de histórias, oficinas e workshops. A BVL recebe as exposições 'Amantikir, a Serra que Chora', de Ricardo Martins, e 'BikesAndSpices - Uma volta em bicicletas pelos sabores do mundo', de André Cerri. Lá também ocorre o lançamento do curta-metragem de animação 'Awa Poanpé', de Julia Vellutini, criado a partir de um processo colaborativo com um grupo de jovens da aldeia indígena Krukutu, em Parelheiros, zona sul de São Paulo. A exibição será no sábado, às 12h. Na BSP, acontece no sábado e no domingo a atividade 'BrinCaqui', uma série de brincadeiras para despertar o senso de criatividade e experimentação das crianças, além de oficinas de poesia, prosa e confecção de livro artesanal.