27°
Máx
13°
Min

Encontro de Contadores de Histórias de Londrina chega à 6ª edição

(foto: divulgação) - Encontro de Contadores de Histórias de Londrina chega à 6ª edição
(foto: divulgação)

Encontro de Contadores de História de Londrina chega à sua 6ª edição.  Com 13 dias de duração, o ECOH acontece entre os dias 2 e 14 de agosto, e vai reunir 25 histórias diferentes, em 36 apresentações, 4 oficinas, aula pública, exposições e rua de brincadeiras tradicionais. Com exceção das oficinas, todas as atividades são gratuitas.

A surpresa começa com os temas selecionados para a edição. Além de narrações baseadas em contos clássicos da literatura, a programação de 2016 traz diversas histórias inspiradas em causos populares e da cultura tradicional do Brasil. São histórias de mar, de rio e histórias regionais. Há ainda histórias de autores brasileiros, histórias musicais, histórias de palhaços, além de releituras dos contos de fadas, como é o caso de “A Princesa Errante e o Príncipe Errado”, dos paulistas Ana Roxo, Cristiano Meirelles e Nina Blauth.

Alguns locais que vão receber histórias são as Bibliotecas Públicas – Lupércio Luppi, Biblioteca Infantil e Ramal Vila Nova, as vilas culturais FLAPT e Kinoarte, a Okupacao do MARL, a Escola SETA e 14 escolas da rede pública de Londrina. O encerramento, dia 14 será uma Rua de Brincadeiras e Histórias, que, em parceria com o Sarau Para Além das Fronteiras do Hip Hop, será na Rua Luiz Moro Neto, no Vista Bela.

Temas variados para públicos especiais

Além da diversidade dos temas, o ECOH revela na edição desse ano um cuidado ainda mais especial com o público. Depois de, em sua 5ª edição, ter contado com o financiamento colaborativo para custear o evento, a edição de 2016 vem com a intenção de retribuir!

Um dos momentos especiais será a narração para pessoas surdas, inédita no ECOH. “Histórias Contadas Com As Mãos”, da Cia paulista Mãos de Fadas, narra em Libras (com tradução para o português) alguns dos contos tradicionais da literatura universal. Os contadores ensinam alguns vocabulários da Libra, a língua dos sinais, e promovem um momento de encontro, onde pessoas surdas e ouvintes viajam juntas pelo universo das histórias.

O ECOH também terá  histórias especialmente destinadas ao público adulto.  “Sobre Lendas e Mulheres” é um desses momentos. Inspirada no livro “Mulheres Que Correm Com os  Lobos”, de Clarissa  , a Cia Girolê, de Curitiba,  traz uma compilação de histórias que buscam o resgate do feminino, seus mistérios e poesias, e é pensada especialmente para os maiores de 16 anos. “A Noiva do Diabo”, com Josiane Geroldi, é indicada para maiores de 10 anos.

A programação completa da sexta edição do ECOH, com todos os espetáculos, oficinas e demais atividades, está disponível no site do www.ecohlondrina.com e também em no facebook/ecohlondrina.

(com assessoria de imprensa)