28°
Máx
17°
Min

Festival das Estrelas colore ruas da Liberdade em homenagem a lenda japonesa

(Foto: Divulgação)  - Festival das Estrelas colore ruas da Liberdade
(Foto: Divulgação)

O pedacinho mais oriental de São Paulo, o bairro da Liberdade, honra sua tradição e realiza mais uma edição do Tanabata Matsuri - Festival das Estrelas, no sábado, 16, e domingo, 17. Nas calçadas da Praça da Liberdade e nas ruas Galvão Bueno e dos Estudantes, serão instaladas dezenas de tanabatas, espécie de enfeites japoneses coloridos que simbolizam as estrelas. O público também é convidado a pendurar nas árvores de bambu pedaços de papel com os desejos de cada um.

O festival terá, nos dois dias, dezenas de apresentações musicais, de dança folclórica e de taikô, que são aqueles instrumentos de percussão típicos da cultura japonesa. Também haverá karaokê, oficina de origami e concurso de desenhos e poesias. Toda a programação é gratuita.

O Tanabata Matsuri tem origem numa lenda criada há quatro mil anos. Havia uma princesa, Orihime, que passava todos os dias confeccionando a mais perfeita seda da região. Preocupado, o rei ordenou que ela saísse de casa para passear. Numa das ocasiões, a princesa se apaixonou pelo pastor Kengyu, e passou a viver somente para esse amor. Como castigo por não cumprirem mais com as obrigações, os dois são transformados em estrelas e separados pela Via Láctea. E, anualmente, em julho, o "Senhor Celestial" permite o encontro do casal. A princesa e o pastor agradecem esse encontro atendendo aos pedidos feitos em papéis coloridos.

A festa foi introduzida no Japão pela Família Imperial no início do século IX. Em São Paulo, o evento é promovido pela Associação Cultural e Assistencial da Liberdade (Acal) com o propósito de divulgar a cultura oriental. Confira a programação completa no site da Acal.