24°
Máx
17°
Min

Foz simplifica regras para emissão de alvarás de eventos

Foto: Assessoria - Foz simplifica regras para emissão de alvarás de eventos
Foto: Assessoria

Foz do Iguaçu acaba de aperfeiçoar as regras para concessão de alvará de eventos. O novo decreto municipal, publicado no Diário Oficial no dia 8 de agosto, é uma evolução da regulamentação em vigor desde janeiro passado. O objetivo da mudança foi tornar a ferramenta mais simples e ágil para impulsionar o desenvolvimento socioeconômico.

O decreto foi assinado pela prefeita interina Ivone Barofaldi da Silva a pedido das entidades do turismo, que explicaram a importância de melhorias na regulamentação.

Ivone mostrou sensibilidade ao apelo que visa desburocratizar ainda mais as questões fazendárias, tributárias, sanitárias e ambientais, inclusive aumentando a arrecadação de impostos.

O novo decreto separou as atribuições da Prefeitura e do Corpo de Bombeiros, destravando os processos entre os órgãos. “A prefeita Ivone Barofaldi da Silva mostrou sensibilidade ratificando a importância do turismo de eventos para o desenvolvimento socioeconômico de Foz do Iguaçu”, comunicou a Gestão Integrada do Turismo.

A principal mudança diz respeito ao laudo de vistoria do Corpo de Bombeiros; cuja apresentação era obrigatória já na hora do protocolo na prefeitura. Agora o requerente pode anexar apenas o protocolo da solicitação de vistoria do Corpo de Bombeiros para o evento até a confirmação do laudo dos Bombeiros.

Trade unido 

O decreto é resultado da união do Comtur (Conselho Municipal de Turismo), Sindhotéis (Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares), ICVB (Iguassu Convention & Visitors Burau), Sindetur (Sindicato das Empresas de Turismo), ABAV (Associação Brasileira de Agências de Viagens), ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis) e ABEOC (Associação Brasileira de Empresas de Eventos).

Também participaram do grupo de técnico de trabalho representantes da ACIFI (Associação Comercial e Empresarial), do Fundo Iguaçu, do Codefoz (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz), entre outras entidades. A nova legislação é um presente para os empresários que participam e apoiam das entidades, fortalecendo diferentes setores do turismo.

Referência

Capital do Turismo no Paraná, Foz do Iguaçu é reconhecida pela excelência em infraestrutura e prestação de serviços, com diversidade de atrativos turísticos. Aliás, essa combinação de fatores, aliada à Gestão Integrada, garantem ao destino um calendário consolidado ao longo do ano, com congressos, palestras, exposições, seminários, workshops, rodadas de negócios, encontros, etc.

Com a simplificação das exigências, a indústria de eventos nacionais e internacionais deve crescer ainda mais, gerando mais emprego e renda para a população iguaçuense. Afinal o segmento movimenta a rede hoteleira, a gastronomia, a logística, o transporte e, sobretudo, uma série de empresas especializadas na organização e promoção de eventos.

Colaboração: Assessoria