22°
Máx
16°
Min

Pavilhão de Indústria e Comércio: um lugar, muitas opções

- Pavilhão de Indústria e Comércio: um lugar, muitas opções

Assim que os visitantes da 44a Expoingá entram pelo portão da Avenida Colombo, um dos primeiros locais que podem ser visitados é o Pavilhão de Indústria e Comércio. Em 11 dias, meio milhão de pessoas são esperadas na exposição e terão a oportunidade de conhecer os produtos e serviços do local.

Logo na entrada, variadas opções de roupa, com destaque para o estilo country, marcante nas edições de Expoingá. O visitante pode se produzir no local e aproveitar os serviços espalhados pelo parque.

A casa das famílias e amigos, que visitam o Pavilhão, pode contar com novos móveis, desde os mais modernos até os rústicos. Opções de decoração também são vistas no local. Os bordados, sempre presentes na feira, oferecem alternativas, principalmente para a cozinha, com toalhas, capas e guardanapos.

Barracas com doces e salgados fazem os visitantes pararem para conferir os chocolates, sorvetes, morangos com chocolate, crepes e coxinhas de copo. Entre eles, Pablo Peixoto, mais conhecido como Gaúcho dos Doces, que há cinco anos participa da feira agropecuária. 

“É um ambiente muito bom. Tenho muito orgulho de participar de uma das maiores feiras do Brasil”, afirma. O expositor vende quindins, trufas e brigadeiros, incluindo sabores novos, como o de maçã verde.

O tema da Expoingá 2016 é “Tecnologia para Todos”, o que pode ser visto no Pavilhão, como o Espaço Mídia Social, onde é feita a transmissão em tempo real do Facebook (expoingaoficial) da feira agropecuária e aproveitar uma cabine de fotos para registrar encontros. 

Dois simuladores estão disponíveis para o público, um com a simulação de uma montanha-russa, tecnologia inovadora disposta ao público, para ter a sensação de como é o brinquedo e outro para caminhões, apresentado pela G10, que emula a direção de veículos pesados.

A Polícia Militar, Polícia Ambiental e o Corpo de Bombeiros possuem espaços no local, para demonstrar equipamentos utilizados no dia a dia das corporações, incluindo duas metralhadoras utilizadas na Guerra do Contestado e um painel para tirar uma foto como bombeiro. Os visitantes podem aproveitar para conhecer equipamentos ortopédicos e de massagem e praticar tênis de mesa e jogos lúdicos.

A cultura é parte do cenário, com o Palco Cultural recebendo espetáculos de dança, música, capoeira, balett, entre outros. Durante todos os dias de feira, o palco recebe artistas da região, incluindo a Companhia de Dança County da SRM, que é uma ação da entidade que reúne pessoas adeptas do ritmo country. O grupo atual é formado por oito casais, com ensaios comandados pela coreógrafa, Fernanda Carvalho.

“O Pavilhão de Indústria e Comércio, historicamente, retrata a pluralidade que a Expoingá possui. Essa parceria com os expositores é duradoura e continuará nas próximas edições. O público que nos visita pode ter certeza quanto a qualidade dos produtos e serviços ofertados”, destaca a presidente da SRM, Maria Iraclézia de Araújo.

Colaboração: Assessoria de imprensa