22°
Máx
14°
Min

Cirurgiões explicam procedimentos que podem ter afetado olhar de Cláudia Cruz

As pessoas costumam arregalar os olhos quando se surpreendem com alguma coisa. Ao ficarem sabendo, por exemplo, que a jornalista Cláudia Cruz, mulher do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, gastou mais de US$ 1 milhão para comer em restaurantes caros e comprar artigos de luxo, segundo denúncia do Ministério Público. Mas ela mesma, que é ré na Lava Jato, vive assim. Em todas as fotos para as quais posa, Cláudia aparece com os olhos bem abertos e, por isso, virou alvo de diversos memes na internet. No último sábado, 25, uma paródia feita pela humorista Dani Calabresa no programa Zorra Total, da TV Globo, sugeriu que se tratava de botox nos olhos.

Será? Alguns especialistas acreditam que sim. "Você vê perfeitamente que ela está com os olhos superarregalados e a testa lisinha, então me dá a impressão de que provavelmente é um botox em excesso associado a um desejo dela de estar com os olhos bem abertos durante as fotos", diz o cirurgião plástico, Luís Felipe Maatz, de São Paulo. Outra possibilidade é que ela tenha feito uma cirurgia para tirar o excesso de pele nas pálpebras, "Procedimentos cirúrgicos tanto na pálpebra quanto na região frontal do rosto podem levar a dificuldades em fechar os olhos adequadamente e a um olhar mais arregalado", completa o médico.

Para Claudio Bautzer, cirurgião plástico da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e membro reconhecido pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), o que aconteceu com a Cláudia tem um nome: estigma, quando os olhos ficam muito arregalados após um procedimento realizado na região. "Eu comparei a foto da época em que ela era jornalista Cláudia Cruz foi apresentadora do Fantástico e do Jornal Hoje, na Rede Globo com a foto de agora. É perceptível que teve uma redução na distância entre a pálpebra superior e a sobrancelha, que acontece apenas quando você faz uma cirurgia na pálpebra", diz ele.

Além das hipóteses plásticas levantadas, existem outras aventadas por alguns médicos. O cirurgião plástico Rodrigo Rosique pondera falando sobre a existência de doenças que deixam os olhos assim. "O hipotireodismo, por exemplo, pode deixá-los mais saltados", afirma.