22°
Máx
14°
Min

Criticada por declaração homofóbica, cantora gospel diz 'abençoar' quem a maldiz

Duramente criticada e bastante xingada nas redes sociais após publicar um texto contrário à nova campanha da rede de fast fashion C&A, intitulada Dia dos Misturados, a cantora gospel Ana Paula Valadão voltou a se manifestar na internet e publicou um vídeo, no qual diz que está orando e abençoando aqueles que a maldizem.

"Olá, pessoal. Os últimos dias têm sido bastante interessantes desde que eu me posicionei a favor da família tradicional e contra a imposição da ideologia do gênero. Eu quero dizer a você, que tem respondido com palavras tão agressivas nas minhas redes sociais, que eu aprendi com o senhor Jesus a amar os meus inimigos e a orar pelos que me maldizem, pelos que me perseguem. eu quero dizer que eu tenho orado por você, eu tenho abençoado você", diz a cantora em parte do vídeo, sorridente e com um tom de voz infantilizado.

Na semana passada, a rede de loja de departamentos C&A publicou um vídeo de sua campanha de Dia dos Namorados no qual casais entram em cabines e trocam de roupas, ficando os homens com roupas femininas, e as mulheres com os trajes masculinos.

Em seu perfil no Facebook, Ana Paula Valadão publicou seu descontentamento com a campanha. Seu discurso, considerado homofóbico, ganhou as redes sociais e muitos seguidores foram à página da cantora gospel para criticá-la, xingá-la e também para ironizar seu posicionamento.