22°
Máx
17°
Min

"Quero criar oportunidades para os negros", diz atriz Lupita Nyong’o

Nascida no México, a atriz Lupita Nyongo viajou até a Nairóbi, capital do Quênia, onde vive sua família, para fotografar o editorial de capa da revista Vogue americana, principal publicação de moda do mundo. Feitas pelo badalado fotógrafo Mario Testino, as imagens misturam tradição, moda e natureza e mostram a verdadeira beleza africana. Na entrevista que acompanha o ensaio, Lupita fala da importância da presença de alguém como ela nos holofotes. "O padrão de beleza europeu afeta todos nós. Lembro que no começo dos anos 2000 tinha um anúncio na TV com uma menina que não conseguia emprego. Então ela usava um produto, clareava a pele e conseguia o trabalho", disse. "O endeusamento da pele mais clara é uma coisa comum em Nairóbi. Somos levados a acreditar que há alguém melhor que nós."

Hoje Lupita tem um contrato com a Lancôme, uma das maiores marcas de beleza do mundo, e deseja ser cada vez mais exemplo de representatividade. "Quero criar oportunidades para os negros porque tenho sorte de ter uma plataforma para isso. É por isso que 'Rainha de Katwe', meu próximo filme, é importante, por mudar a narrativa e oferecer uma nova perspectiva da identidade africana." Com lançamento previsto para novembro, o longa conta a história de menina pobre de Uganda que supera obstáculos para se tornar campeã de xadrez.

Ela atua desde criança, mas foi em 2013, com o filme "Doze Anos de Escravidão", que ficou conhecida em Hollywood. Seu visual e estilo chamaram a atenção não só dos produtores da indústria como também entrou no radar dos editores de moda. No ano seguinte, foi eleita pela revista People a mulher mais bonita do mundo.