21°
Máx
17°
Min

Curso de Capacitação culinária é oferecido para colaboradores da Cozinha Social

Foto: Assessoria - Curso de Capacitação culinária é oferecido para colaboradores
Foto: Assessoria

Em parceria com o Sindicato Rural de Toledo e Serviço Nacional De Aprendizagem Rural (Senar), 14 profissionais que atuam na Unidade de Produção de Alimentos (Cozinha Social) participaram nesta quinta-feira (11) de um curso profissionalizante de reaproveitamento de alimentos. 

O objetivo da curso é capacitar os profissionais para  aproveitar o excedente de produção e destacar o valor nutricional dos alimentos, auxiliando no melhor desempenho da equipe.

O curso com duração de 16 horas, foi ministrado pela instrutora do Senar, Fabiane Lodi. Segundo ela, foi abordado o módulo culinário de ‘Conservas, Molhos e Temperos com resultado positivo. 

“Estamos fazendo bastantes conservas, o que é uma forma de reaproveitar os alimentos e produzir novos sabores a partir de leguminosas bem típicas, e que tendencialmente são desperdiçadas pelo grande volume de produção”, afirmou Fabiane.

Entre os participantes do curso, e colaborador da Cozinha Social, Tharles Setti, afirmou que a qualificação da produção é necessária. “É essencial estarmos aprendendo coisas novas, aproveitando de técnicas diferentes que auxiliam e agilizam o modo de preparo dos alimentos”, ressaltou.

A Cozinha Social atende uma diversidade de pessoas com a produção de alimentos, que vai desde as pastorais infantis até os grupos de idosos. Sobre isso, a nutricionista responsável técnica pela Cozinha Social, Sofia Perinazzo, diz que a responsabilidade é enorme.

“É satisfatório produzir alimentos que servem tantas pessoas, por isso a preocupação em estar sempre se capacitando e melhorando a produção”, concluiu Sofia.

O Senar já realizou outros cursos para os colaboradores da Cozinha Social no primeiro semestre do ano, com capacitações nas áreas de panificados e outros de reaproveitamento de alimentos e preparo de molhos. 

Para este ano ainda está previsto um curso de pescados e atribuições. 

“O Senar sempre atende aos produtores rurais, entretanto a Cozinha Social realiza o trabalho de manufatura dos alimentos quem vem dos agricultores familiares através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), e por isso recebem o curso, que é direcionado aos profissionais que atuam no preparo das refeições”, afirmou a instrutora Fabiane Lodi.

Colaboração: Assessoria de imprensa