26°
Máx
19°
Min

Campanha de marca italiana é banida no Reino Unido por ter modelo magra demais

Nesta quarta-feira, 6, o ASA (Advertising Standards Authority), responsável por fiscalizar as propagandas no Reino Unido, anunciou que a campanha da coleção Cruise 2016 da grife italiana Gucci está proibida de ser veiculada por conter uma modelo classificada como "doentiamente magra".

Em uma das fotos consideradas problemáticas, há uma mulher encostada na parede com vestido de mangas longas e comprimento mídi. Segundo a ASA, o anúncio é irresponsável porque a modelo aparece "com tronco e braços muito magros e fora de proporção com o resto do corpo". O órgão afirmou ainda que, por causa da expressão e da maquiagem escura ao redor dos olhos, o rosto da jovem parece esquelético.

A Gucci comunicou que a publicidade almeja alcançar uma clientela mais velha e sofisticada (dando a entender, portanto, que não influenciaria jovens meninas). Disse também que é uma questão subjetiva se a modelo é ou extremamente magra. O comunicado diz ainda que na campanha nenhuma das modelos estava com os ossos aparentes, a maquiagem era natural e as roupas não mostravam demais o corpo.