22°
Máx
16°
Min

Com música ao vivo de Rufus Wainright, Michael Kors faz desfile com o tema 'amor'

Há um look do desfile de Michael Kors, que ocorreu na última quarta, 14, na Semana de Moda de Nova York, que reúne boa parte das tendências de agora: um casaco com estampa floral (moda 1), sobreposto a camisa de manga superlonga ultrapassando os pulsos (moda 2) e combinado com sapatos flatfmorm (moda 3) e bolsa de alça curta usada na transversal (moda 4).

Há ainda outra produção simbólica, o suéter de tricô comprido que traz uma mensagem estampada: "Love". A palavra e o sentimento nortearam todo o trabalho do estilista nesta temporada. "O mundo anda complicado. Os últimos meses, em que trabalhei na coleção, foram especialmente difíceis, mas sou um otimista e ainda acredito que a moda pode trazer alegria", disse Kors um dia antes do show, quando mostrou um preview das peças para a imprensa. "O que está faltando hoje no mundo é romance e força. Por isso quis unir os dois. Só o amor pode nos salvar."

Com trilha ao vivo do cantor Rufus Wainright, que embalou as modelos com standards românticos, o desfile teve um clima "flower power" sem absolutamente nada de hippie. O floral apareceu em prints de vestidos superfemininos e em bordados 3D e fazia contraponto à seriedade das peças de inspiração masculina, como os blazers de alfaiataria e o trench coat.

"O trench é largo, poderia perfeitamente ser emprestado do namorado, mas é rosa", contou Kors. "E busquei looks que podem ser usados em todas as épocas do ano. Não penso mais em estações."

Apesar da linha originalmente ser de Verão 2017, doze peças já estão nas lojas - algumas bolsas e sapatos, além de vestidos. Na passarela, além do show de Wainright, o destaque foi o casting variado de modelos: de Bella Hadid e Kendall Jenner (de 19 e 20 anos) à veterana Carolyn Murphy (de 42 anos).

"Amo fazer desfiles. Acho as meninas lindas. Mas quantas garotas de 20 e poucos anos podem comprar um guarda roupa inteiro de um designer?", explicou Kors. "Por isso optei pela diversidade, para mostrar que faço roupas que podem se adequar a todas as idades."