27°
Máx
13°
Min

Comercial de marca de cosméticos japonesa questiona padrões de gênero

(Foto: Divulgação/Estadão)  - Comercial de marca de cosméticos japonesa questiona padrões de gênero
(Foto: Divulgação/Estadão)

O cenário é uma escola japonesa. Uma professora abre a porta de uma sala de aula, onde se encontram algumas meninas fazendo atividades cotidianas, como conversar, escrever na lousa e ouvir música. A câmera passeia entre elas até chegar uma garota que está lendo um livro. Na página, uma mensagem para o espectador faz com que ele veja de outra forma o comercial: "Você reparou que tem um garoto na sala?".

O filme começa então a rolar ao contrário e o espectador consegue desvendar o mistério do anúncio: na verdade, todos os atores são meninos usando maquiagem e peruca. A intenção da propaganda da Shiseido é romper com os estereótipos de beleza e questionar os padrões de gênero. "Todo mundo pode ser bonito". Criado pela agência Watts of Tokyo, a campanha é uma das concorrentes do Festival de Propaganda Cannes Lions, o maior da categoria, e já teve mais de 9 milhões de visualizações no Youtube.