23°
Máx
12°
Min

Semana de Alta Costura de Paris mostra coleções que serão vistas no fast fashion

A Semana de Alta Costura de Paris começou no domingo, 3, vai até quarta-feira, 6, e, como de praxe, movimenta não apenas a capital francesa como todo o mundo da moda. Isso porque é na temporada de couture que desfilam as grifes mais importantes do planeta, rigorosamente selecionadas pela Câmara Sindical da Alta-Costura de Paris, organização que determina e fiscaliza uma série de regras que devem ser seguidas por seus associados.

Da Semana de Alta Costura, saem as principais tendências de moda festa, que se desdobrarão em coleções comerciais e serão vistas até no fast fashion. Entre as grifes que já apresentaram suas coleções nesta temporada, estão a estreante Vetements, coletivo de moda street que vem dando o que falar, além de Atelier Versace e Schiaparelli.

Diferentemente das outras marcas presentes na temporada, a Vetements apresentou sua coleção de primavera/verão 2017 no domingo, 3. Isso porque ela desfilou apenas como convidada da Câmara Sindical, cujas regras rígidas permitem que apenas seus integrantes usem a denominação "alta costura" nas apresentações da temporada.

Liderado por Demna Gvasalia, o coletivo de moda levou para a passarela, montada na loja de departamentos Galeries Lafayette, 54 looks feitos em parcerias também com outras marcas, como Juicy Couture, Levi's e Manolo Blahnik. A coleção variou da modelagem oversized, que apareceu em jaquetas, blazers e calças, a justas, aposta principalmente para os macacões jeans.

Mas coube à Versace o destaque do primeiro dia de desfiles. A estilista Donatella Versace brincou com tecidos e texturas em seus vestidos de festa para renovar seu tradicional estilo sexy. A grife Schiaparelli, que abriu o dia de desfiles desta segunda-feira, 4, apostou em uma coleção supercolorida e eclética, características da estilista italiana Elsa Schiaparelli, morta em 1973, que fundou a maison em 1927.

Sob direção do estilista Bertrand Guyon, que assumiu a direção criativa da casa em abril do ano passado, a grife apresentou vestidos estruturados e estampados com um quê de surrealismo, outra marca registrada de Schiaparelli, que era amiga de Pablo Picasso e Salvador Dalí.