22°
Máx
16°
Min

As 15 melhores músicas da Legião Urbana

Nesta terça-feira, 11, completam-se 20 anos da morte de Renato Russo, um dos maiores ídolos da história do rock nacional. Líder e vocalista da banda Legião Urbana, ele compôs músicas que marcaram uma geração. Para lembrar sua importância, o 'Caderno 2' escolheu as 15 melhores canções da banda. De 'Tempo Perdido' à 'Perfeição'.

15º - A VIA LÁCTEA

Presente no álbum 'A Tempestade' (1996), o último da banda com Renato vivo, a música é a única do trabalho que possui uma gravação final feita pelo cantor. No restante do álbum, ouve-se apenas a primeira gravação, de base, que Renato fez para as músicas.

14º - PERFEIÇÃO

Num período complicado para o Brasil e para a vida pessoal de Renato Russo, lidando com dependência química e o tratamento contra o HIV, a Legião Urbana lança em 1993 o álbum 'O Descobrimento do Brasil', que conta com a faixa 'Perfeição', pedindo amor em meio ao caos.

13º - Há TEMPOS

Considerado por muitos a obra-prima da Legião Urbana, o álbum " As Quatros Estações' (1989) traz um dos maiores clássicos do grupo, 'Há Tempos', imortalizado em seu primeiro verso : "Parece cocaína, mas é só tristeza"

12º - ANDREA DORIA

Presente no álbum 'Dois' (1986), a faixa faz uma analogia entre o fim de um relacionamento e o naufrágio de um navio - o título da canção é o mesmo de um transatlântico italiano que afundou nos anos 1950.

11º - MENINOS E MENINAS

Também de 'As Quatro Estações', a música traz um Renato Russo cantando sem medo que gosta de "meninos e meninas" e pedindo para que deixem ele "viver como é bom".

10º - ÍNDIOS

Em mais uma metáfora entre a tragédia e o amor, a Legião Urbana entrega mais uma música imortalizada no álbum 'dois'.

9º - MONTE CASTELO

Num ode ao amor, também presente em 'As Quatro Estações', 'Monte Castelo' utiliza versos do 'Soneto 11', de Luiz de Camões, e do Capítulo 13, do livro Coríntios, da Bíblia.

8º - GERAÇÃO COCA-COLA

A Legião Urbana cantou uma geração desde o seu primeiro álbum homônimo lançado em 1985, com a crítica reticente de início, e que só depois veio a consagrar o trabalho da banda.

7º - FAROESTE CABOCLO

Com mais de nove minutos de duração, a música, do álbum 'Que País é Este' (1987), conta a saga de Santo Cristo, que revoltado pela morte da família vai para Brasília e por lá acaba se envolvendo com o tráfico de drogas. Existem muitas teorias sobre a origem da canção, mas o próprio Renato Russo declarou uma vez que era tudo inteiramente ficção.

6º - TEATRO DOS VAMPIROS

Em mais uma das grandes metáforas da obra de Renato Russo, o compositor utiliza a faixa, do álbum 'V' (1991), feita para a trilha sonora da novela 'Vamp', para falar da situação político-econômica do Brasil na época.

5° - QUE PAÍS É ESTE

Lançada no álbum de mesmo nome, a música até hoje serve como trilha para a situação política do nosso País.

4º - TEMPO PERDIDO

Um dos maiores clássicos da banda, também do 'Dois', a música tem uma das letras mais memoráveis do grupo e foi utilizada no título da cinebiografia de Renato Russo, 'Somos Tão Jovens'.

3º - QUASE SEM QUERER

Mais uma música do 'Dois', 'Quase Sem Querer' é um dos maiores hinos do grupo sobre o amor.

2º - EDUARDO E MÔNICA

Canção favorita nos karaokês e nas aulas de violão, 'Eduardo e Mônica', também do 'Dois', foi um desafio da banda nas rádios, ao contar a história de um casal em uma música sem refrão.

1º - PAIS E FILHOS

Com uma letra pesada e triste, falando sobre um suicídio, 'Pais e Filhos' é o maior dos clássicos da Legião Urbana. Durante uma participação em um programa de TV, no ano de 1994, Renato falou sobre o teor da canção: "Essas músicas refletem um momento da minha vida que eu não gosto de lembrar mais".