23°
Máx
12°
Min

Atração do FUC vence prêmio revelação da Música Brasileira

(Foto: Divulgação) - Atração do FUC vence prêmio revelação da Música Brasileira
(Foto: Divulgação)

A cantora Simone Mazzer, atração de encerramento do 29º Festival Universitário da Canção (FUC) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), foi premiada como revelação da 27ª edição do Prêmio da Música Brasileira, nesta quarta-feira (22), no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Mazzer integra a comissão julgadora do FUC e se apresenta no sábado (25), no Cine Teatro Ópera, antecedendo a premiação dos vencedores do festival.

Ao todo, 83 artistas e grupos concorreram em 16 categorias, num sistema de votação 100% informatizado que envolve 21 pessoas.  Para eleger os finalistas, o júri fez uma pré-seleção de 532 CDs e 61 DVDs, incluindo tanto os trabalhos de gravadoras nacionais e multinacionais quanto aqueles distribuídos de forma independente ao longo de 2015 em todo o país. O foco não foi apenas os lançamentos em CD, mas também nos novos formatos e configurações da indústria, como mp3s e downloads.

Na categoria revelação, Simone Mazzer concorreu com o ‘Férias em Videotape’. Com produção artística de Leonel Pereda, o disco traz um repertório que converge estilos e reafirma o poder artístico da cantora. O CD é o resultado da história de Simone até aqui. “Muitas referências, memórias, vivências, dores, amores e muita, muita alegria”, diz a cantora.

“Camisa listada”, de Assis Valente, “Parece que Bebe”, de Itamar Assunção, “Hyper-Ballad”, de Björk, “Back to blak”, de Amy Winehouse, “Babalu”, de Margarita Lecuona e “Essa Mulher”, de Bernardo Pellegrini (com participação de Elza Soares) são algumas das canções que ganham vida nova na voz de Simone e nos arranjos de Marco Antonio Scolari. Ela concorreu com Alfredo DelPenho (Samba Sujo) e Trio Capitu (Novos Ventos).

Simone Mazzer ainda foi indicada para o prêmio de melhor cantora de Pop/Rock/Reggae/Hiphop/Funk, concorrendo com Elza Soares (A Mulher do Fim do Mundo) e Gal Costa (Estratosférica), que ficou com o troféu da categoria. Zélia Duncan foi a grande vencedora da noite. Com cinco indicações, ganhou três prêmios pelo trabalho no álbum "Antes Do Mundo Acabar", categorias de Melhor Canção, Melhor Álbum de Samba e Melhor Cantora de Samba.

Sobre Simone Mazzer

Com formação em Educação Física pela Universidade Estadual do Paraná, Simone Mazzer iniciou sua carreira musical, em 1989, em Londrina (PR), onde integrou o Côro Cênico Chaminé Batom da cidade. Chegou a fazer quase 150 shows por ano e com dois álbuns lançados. Passou uma temporada em São Paulo, em 1997, quando integrou o grupo musical As Madamas, ao lado de Edna Aguiar e Yvete Mattos, sob a direção de Milton de Biasi. Também participou ao vivo no disco Pet Shop Mundo Cão, de Zeca Baleiro e lançou seu show solo Ao Vivo. Estreou o show Cabaré Batom, em 2011, com produção musical de Leonel Pereda e direção de Ronaldo Bastos. Em 2015 lançou o álbum Férias em Videotape, atual trabalho.

29º FUC

A 29ª edição do Festival Universitário da Canção (FUC 2016) da UEPG inicia nesta quinta-feira (23), com a apresentação dos concorrentes da etapa regional (12º FUC Regional), no Cine-Teatro Ópera, com início às 20h. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteiro) e R$ 10,00 (meio). O show de abertura do festival é da Big Time Orchestra, sucesso no programa Superstar da Rede Globo, onde teve cinco apresentações arrebatadoras.

A banda apresenta para o público o novo show e CD “Vem quente que eu estou fervendo”, numa releitura do sucesso de Erasmo Carlos. Com uma trajetória que rendeu mais de 800 shows no Brasil e países da América do Sul, além de turnês no Japão e Estados Unidos, a Big Time é considerada a principal big band do país. Neste dia, serão divulgados o resultado e a premiação da etapa regional.

Os concorrentes da etapa nacional têm apresentação na sexta-feira (24), às 20h, quando também será apresentada a Banda do FUC – Escrete Canarinho. A programação do dia registra ingressos em R$ 10 (inteiro) e R$ 5 (meio). Para universitários, a entrada é gratuita (retirar convite com carteirinha antecipadamente ou na bilheteria). No sábado (25), às 20h, ocorre a apresentação das 12 finalistas. Os ingressos para a sexta-feira custam R$ 30 (inteiro) e R$ 15 (meio) e R$ 10 (universitários). O pacote de ingressos antecipados (23, 24 e 25 de junho) custa R$ 50 (inteiro), R$ 25 (meio) e R$ 20 (universitário).

Para compra de ingressos e retirada de cortesias, os locais são Proex – Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Culturais (Praça Catedral), Campus Central da UEPG (Livraria) e Campus Uvaranas (livraria) e guichê do Teatro Ópera a partir das 19h. A venda de meio ingresso destina-se a estudantes, professores, servidores da UEPG e da Caixa Econômica Federal, pessoas com mais de 60 anos, funcionários das empresas patrocinadoras, mediante documento comprobatório de vínculo.

Na realização do FUC, através da Divisão Cultural da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Culturais (Proex/DAC), a UEPG conta com apoio da Fundação de Apoio à UEPG (FAUEPG), parceira da Fundação Municipal de Cultura de Ponta Grossa, Governo do Estado do Paraná/Secretaria de Estado da Cultura; e Governo Federal/Lei de Incentivo à Cultura: apoio cultural da agência Idéia Três Publicidade; e patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Colaboração Assessoria de Imprensa.