22°
Máx
14°
Min

Banda Hillbilly Rawhide lança DVD ao vivo

(Foto: Lucas Pontes) - Banda Hillbilly Rawhide lança DVD ao vivo
(Foto: Lucas Pontes)

Após filmar um show em um teatro lotado no final de 2015, a banda Hillbilly Rawhide realiza o lançamento de seu primeiro DVD ao vivo, em que está registrada esta apresentação, que foi uma das mais aclamadas e bem produzidas da trajetória do grupo, e que contou com uma plateia de mais 500 pessoas, que esgotou a venda de ingressos dias antes do espetáculo.

O resultado é o DVD “Outlaw Music For Outlaw People”, gravado ao vivo no tradicional centro cultural Teatro Guaíra, no auditório Salvador de Ferrante (conhecido como Guairinha), em Curitiba, no Paraná. São 19 faixas, contemplando as músicas mais expressivas dos 13 anos de carreira do quinteto, que hoje é aclamado como precursor do Country Rock Alternativo no Brasil. Há ainda um bônus especial, que conta com making of do show e uma abrangente entrevista com a banda.

O lançamento está marcado para 19 de maio (quinta-feira) no Jokers Pub. Será realizado um show especial do Hillbilly Rawhide, e o DVD estará à venda no local. O público também poderá adquirir outros itens da banda na ocasião, tais como CDs e camisetas, além de apreciar uma cerveja especial que leva o nome da banda. A apresentação tem início ás 21 horas.

Histórico: o início do Country  Rock Alternativo no Brasil

Foi em 2003 que a banda Hillbilly Rawhide iniciou suas atividades na cidade de Curitiba, trazendo não só para a capital paranaense, mas para todo o Brasil o Country Rock Alternativo, gênero no qual é banda precursora nacional, sendo influência para o público que conquistou e para artistas que seguiram seu exemplo. “Depois da gente, começaram a pipocar bandas no país todo fazendo algo próximo dessa mistura, o que criou uma nova cena dentro do nosso rock”, comenta o músico Mutant Cox.

Em sua trajetória, a banda realizou centenas de apresentações, fez duas turnês, lançou 6 CDs e 1 disco de vinil, criou produtos próprios (camisetas, bonés e uma cerveja que leva o nome do grupo) e aprendeu a se manter financeiramente apenas com seu trabalho, sendo um exemplo bem sucedido de empreendedorismo no ramo da economia criativa.

Da reunião dos membros fundadores Mutant Cox (voz, guitarra e violão), Mark Cleverson (violino e voz) e Osmar Cavera (baixo acústico) surgiu a proposta montar uma nova banda para tocar muito Country misturado com Rock primitivo, suas raízes e vertentes, tais como bluegrass, música de western, hillbilly, entre outros gêneros. “Na época, tínhamos vontade de pelo menos assistir a um show do estilo, mas como não existia nenhuma banda assim no país, resolvemos fazer a nossa própria banda Hillbilly”, afirma Mutant Cox.

As influências fundamentais são ícones country como Johnny Cash, Willie Nelson, Hank Williams, David Allan Coe, e também artistas de rock. De uma apresentação inicial como trio, os músicos sentiram a necessidade de ter mais integrantes para chegar a um som mais rico e encorpado. Muitos passaram pela banda, que chegou a uma formação definitiva nos últimos 8 anos, completada por Juliano Cocktail (bateria) e Joe Ferriday (piano e voz).

As composições alternam letras em inglês e em português. A adoção do inglês se explica por ser o idioma nativo do country rock. Já nas músicas em português, o grupo mostra que o idioma se encaixa adequadamente ao estilo, sem perder o espírito country de raiz. Tanto o álbum de estreia, “Ramblin’, Primitive and Outlaw!”, quanto o álbum de 2013, “Ten Years On The Road”, trazem seus repertórios divididos quase igualmente entre os dois idiomas. Entre as mais conhecidas estão “O Enxofre e a Cachaça”, “High On The Road”, “Uma Cerveja, Uma Cachaça e um Remedinho”, “Lost & Found”, “Hillbilly Treasure”, “F.N.M.”, entre outras.

Cantando e mostrando histórias  paranaenses

A banda valoriza a cultura de seu estado, o Paraná. Um bom exemplo é a música “Cavaleiros da Morte”, que fala do Cerco da Lapa durante a Revolução Federalista, em 1894. Para remontar este episódio histórico, a banda foi até a cidade da Lapa (no Paraná) para gravar um videoclipe para esta música no Panteon Dos Heroes, local da batalha – o vídeo está disponível no canal da banda no site Youtube. Outro exemplo de referência paranaense está na capa do álbum “Ten Years On The Road”, que mostra um ônibus em uma estrada cheia de araucárias, árvore símbolo do estado.

Exemplo empreendedor: músicos  ganham a vida tocando na banda

O Hillbilly Rawhide desenvolveu com o passar dos anos seu próprio sistema de autofinanciamento. Inclusive, alguns dos músicos frequentaram cursos de empreendedorismo para se aprimorar no ramo da economia criativa. Cada um cuida de um setor. Hoje, a maioria dos integrantes vive com os lucros obtidos pela banda, sejam oriundos de cachês de shows (realizam pelo menos um por semana), venda de produtos (camisetas, cerveja e outros itens de merchandising com a marca Hillbilly Rawhide), pagamentos por direitos autorais, entre outras fontes. A banda se tornou uma empresa, e de tempos em tempos autofinancia ações maiores, como as turnês realizadas em 2011 (pelo Brasil) e em 2013 (na Europa).

A produção do DVD da banda Hillbilly Rawhide é um projeto realizado com o apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura - Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba. O incentivo é da Celepar - Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná.

Serviço

Hillbilly Rawhide - Show de  lançamento do DVD comemorativo de 13 anos  “Outlaw Music For Outlaw People”

Data: 19 de maio de 2016 (quinta-feira)

Local: Jokers Pub

Endereço: Rua São Francisco, 164, Centro (Curitiba – PR)

Horário: A casa abre às 18h. O show começa às 21h.

Entrada: livre até as 20h. Depois deste horário, será cobrado R$ 15.

Informações: (41) 3324-2351

Colaboração Assessoria de Imprensa.