27°
Máx
13°
Min

Itiban faz duplo lançamento de livros que retratam o rock nacional que surgiu nos anos 90, escritos por músicos que tocaram em importantes bandas da época

Livros retratam o rock nacional nos anos 90

A cena independente do rock nacional que começou a despontar no início dos anos 90 é o ponto de partida para dois livros recentes, que serão lançados em um evento exclusivo na Itiban Comic Shop, com presença dos autores, no dia 15 de julho (sexta-feira) a partir das 19 horas.

Na ocasião, Gabriel Thomaz lançará em Curitiba “Magnéticos 90 - A Geração do Rock Brasileiro Lançada Em Fita Cassete” (Edições Ideal), enquanto Marcio Tadeu Araújo Gouvea promoverá seu livro “Terapia Com Sequela – Rock Maldito: O Psychobilly Visto Por Dentro”. Haverá um bate-papo entre os autores e o público presente, com mediação do jornalista Digão Duarte, além de uma sessão de autógrafos no final.

Ambos os autores são músicos que integraram importantes bandas da cena rock nacional no início dos anos 90, e desde então não pararam mais de tocar e de presenciar episódios pitorescos, como testemunhas oculares desta história. Seus livros são registros históricos de suas memórias, sendo que cada um focou em um aspecto dentro do panorama musical que vivenciaram.

O rock lançado em fitas cassete

O brasiliense Gabriel Thomaz (conhecido pelas bandas Autoramas e Little Quail and the Mad Birds) aborda o rock lançado em fitas cassete – as famosas demo-tapes – e apresenta a importância deste formato para a divulgação das novas bandas daquele período. Esta história é contada em quadrinhos, no traço de Daniel Juca – coeditor da revista Tarja Preta e integrante de bandas que lançaram seus trabalhos em fitas cassete.

No decorrer do livro, o autor relembra shows, festivais, publicações, programas de TV e de rádio, além de diversas bandas, incluindo famosos em início de carreira como Raimundos e Planet Hemp. O livro tem um gostinho especial para Curitiba, pois diversas bandas da capital paranaense são citadas, reafirmando a importância da cena da época. Entre elas estão Os Cervejas, Beijo AA Força, Missionários, Resist Control, Boi Mamão, Relespública, Pinheads, July et Joe, Woyzeck, entre outras.

Cena psychobilly no Brasil

Já o paranaense Marcio Tadeu Araújo Gouvea fez parte de algumas das primeiras bandas do gênero psychobilly em Curitiba, tais como Os Cervejas e Os Escroques, chegando até mesmo a integrar Os Catalépticos ainda no período embrionário da banda. Esta cena musical cresceu a ponto de Curitiba se tornar referência nacional e até internacional, graças á realização dos principais festivais dedicado a este tipo de rock e também á projeção internacional de bandas do gênero surgidas na capital paranaense.

O autor faz seus relatos pessoais em mais de 260 páginas que remontam a história do gênero no Brasil, tratando de locais que foram palco para shows do gênero, personagens importantes da cena em todo o país, artistas estrangeiros que se apresentaram no Brasil, entre outros pontos deste apanhado de preciosas memórias. Vale lembrar que os autores Marcio e Gabriel já dividiram o palco algumas vezes durante as apresentações de suas bandas pelo Brasil afora.

Serviço

Lançamento dos livros “Magnéticos 90” e “Terapia com Sequela”

Local: Itiban Comic Shop (Av. Silva Jardim 845, Rebouças), Curitiba, PR

Data: 15 de julho (sexta-feira)

Horário: 19 horas

Entrada franca

Telefone para informações: (41) 3232-5367

Colaboração Assessoria de Imprensa