21°
Máx
17°
Min

Londrina e Rolândia recebem concertos com coros da Alemanha

(foto: Divulgação) - Londrina e Rolândia recebem concertos com coros da Alemanha
(foto: Divulgação)

A Associação Unicanto de Corais de Londrina realiza o Concerto “Ein Deutschesv Réquiem”, op.45 (Requiem de Brahms), do compositor alemão, Johannes Brahms, em duas apresentações.

Na terça-feira (29) às 20h, na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora (Dom Bosco) em Londrina, sob a regência do maestro alemão, Martin Meier e na quarta-feira (30), às 20h, na Igreja Matriz São José, em Rolândia, tendo na regência o maestro, Martin Hütterott. Os concertos são abertos ao público.

Participam do Concerto a Osuel (Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina), o Coral da Kantorei “St.Michael” da cidade de Jena (Alemanha), o Coral da Kantorei “St. Peter” de Sonneberg (Alemanha) e o Coral de Regentes e Professores de Música de Londrina.

O “Requiem de Brahms” terá como solistas a soprano, Elaine Boniolo (Alemanha) e o barítono, Christopher Whitt (Eua/Brasil). A coordenação geral do evento é de Marly Aparecida Martins Tomal e do maestro José Mário Tomal, ambos diretores do Festival Unicanto de Corais, em parceria com a UEL e a Casa de Cultura da UEL.

Réquiem

Composto entre 1865 e 1868, o Réquiem de Brahms traz um diferencial no gênero. Em vez de seguir um texto litúrgico, o compositor optou por uma compilação de trechos do Velho e do Novo Testamento, na versão traduzida por Martin Lutero. Assim, Brahms não musicou um texto pré-estabelecido. Ele teve a liberdade de dispor as palavras de acordo com suas intenções musicais. O resultado foi uma obra simétrica e equilibrada, entre o arcaico e o moderno.