24°
Máx
17°
Min

Oficina de Música de Curitiba abre inscrições para 90 cursos

(Foto: Divulgação) - Oficina de Música de Curitiba abre inscrições para 90 cursos
(Foto: Divulgação)

Programada para o período de 7 e 29 de janeiro de 2017, a 35ª edição da Oficina de Música de Curitiba já está com as inscrições abertas. O evento realizado pela Prefeitura Municipal de Curitiba oferece 90 cursos, divididos entre as fases erudita e antiga; MPB e música e tecnologia. Para participar é preciso se inscrever no site www.oficinademusica.org.br, até dia 20 de novembro. Cada aluno pode frequentar até seis cursos, com o limite de três para cada fase. Na página da Oficina de Música constam todas as informações sobre os cursos, professores, número de vagas e horários. A Oficina de Música terá como sede a PUC/PR – Pontifícia Universidade Católica do Paraná e também oferecerá atividades nas Administrações Regionais.

A taxa de inscrição varia de acordo com o número de cursos e a modalidade: R$ 100 (um curso), R$ 150 (dois cursos), R$ 180 (três ou mais cursos distribuídos nas duas fases) e R$ 10 (cursos nas Ruas da Cidadania). Ministram as aulas mais de 100 professores de diversas regiões do Brasil e de 11 países incluindo Japão, Israel, Suíça, Alemanha, Itália, Argentina, Estados Unidos, Polônia, Inglaterra, Chile e França.

O coordenador de Música Erudita será o maestro Cláudio Cruz, que assume o posto pela terceira vez. O violinista Rodolfo Richter continua no comando da Música Antiga e Janete Andrade permanece na coordenação geral do festival. João Egashira e Vadeco Schettini assinam a direção de música popular brasileira e música e tecnologia, respectivamente.

Primeira fase

Entre as novidades da programação está a volta, após 4 anos, do núcleo ‘Ópera Estúdio’ com direção musical de Abel Rocha, direção cênica de William Pereira e preparação vocal dos professores Rosana Lamosa e Sávio Sperandio. A ópera realizada será “A flauta mágica” de Wolfgang Amadeus Mozart.A fase Erudita traz um dos pianistas brasileiros mais conceituado Cristian Budu, a soprano brasileira, Rosana Lamosa, o violoncelista brasileiro radicado na Alemanha, Matias de Oliveira Pinto e um dos maiores diretores de ópera do Brasil, William Pereira.

No núcleo de Música Contemporânea, destaque para o novo curso ‘O som específico’ (Specific Sound) do professor Brandon LaBelle. Será analisada a utilização do som como material e ferramenta artístico e musical em locais fechados, na cidade, e em outros ambientes. O curso discutirá o tema da arte sonora como um conjunto de práticas situadas entre música e arte. Para o encerramento da primeira fase está programada a execução da obra de Francisco Mignone: “O Maracatu do Chico Rei”.

Segunda fase

Entre os destaques da fase popular estão os cursos de Orquestra de Frevo com Spok, bateria no frevo com Adelson Silva, e o Seminário de Violas do Brasil, com os professores: Ricardo Vignini, Zé Helder, João Paulo Amaral, Cacai Nunes e Rogério Gulin. O curso de composição e arranjo para violão com Alexandre Gismonti (filho do Egberto Gismonti), também é novidade neste ano.

O núcleo Música e Tecnologia foi reforçado esse ano com a abertura de dois novos cursos, ‘Home Vídeos para músicos: produzindo vídeos no seu Home Studio e Loop Station’ e ‘Tecnologia e Performance: o uso de Loops e DAWs na performance ao vivo’, ministrados pelo professor André Paz.

Serviço

35ª Oficina de Música de Curitiba
Data: de 7 a 29 de janeiro de 2017
Realização: Prefeitura Municipal de Curitiba e Fundação Cultural e Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC).
Inscrições: www.oficinademusica.org.br até 20 de novembro de 2016.
Valor: R$ 100 (um curso), R$ 150 (dois cursos), R$ 180 (três ou mais cursos distribuídos nas duas fases e R$ 10 (cursos nas Ruas da Cidadania).