24°
Máx
17°
Min

Rapper curitibano New MC lança CD no Teatro Barracão

Foto: Assessoria de imprensa - Rapper curitibano New MC lança CD no Teatro Barracão
Foto: Assessoria de imprensa

A cultura hip hop de Foz do Iguaçu tem encontro marcado na 1ª Noite do Rap, neste sábado (09), a partir das 20 horas, no Teatro Barracão.

O lançamento do quarto CD do rapper New MC, de Curitiba, está entre os destaques do evento, juntamente com as apresentações dos grupos da região Acionários MDL, Terceiro Milênio, Profetas de Calça Larga, Weed School e Boyka MC.

Expoente da cultura hip hop do Paraná no momento, New MC é rapper, produtor musical e videomaker. Em Foz do Iguaçu pela primeira vez, o artista irá lançar o CD “33 Gang”.

Sua música baseia-se no gangsta rap, estilo caracterizado pelo peso das levadas sonoras e letras contundentes, que tem Ice-T e Tupac Shakur entre os seus precursores, seguidos no Brasil por Racionais e Facção Central.

A programação do encontro contará ainda com batalhas de break e de MC, competições de dança e rap em que os participantes improvisam coreografias e rimas, simulando confrontos no palco, onde o júri decide o vencedor.

As inscrições para as batalhas poderão ser realizadas durante o evento e serão conduzidas pelo DJ Sagaz, tendo o rapper New MC como jurado.

Organizada pelo Coletivo Banca 16, a 1ª Noite do Rap pretende fortalecer a cidade como palco da cultura hip hop do Paraná.

 “A região vive um momento de crescimento da cena hip hop. A ideia é tornar Foz do Iguaçu um local de integração entre os grupos paranaenses, com shows frequentes, contribuindo para diversificar a agenda cultural”, explica o DJ Alexandre Bogler, um dos coordenadores do evento.

Além de participantes iguaçuenses, o encontro da cultura hip hop reunirá b-boys, rappers e MCs de Cidade do Leste (Paraguai) e dos municípios da região.

A produção do evento conta com o apoio do selo Bang Monstro Records e da Fundação Cultural de Foz do Iguaçu.

Banca 16

O Coletivo Banca 16 é voltado para a produção e a circulação da cultura hip hop em Foz do Iguaçu e na região. Reunindo DJs, MCs, rappers e produtores, o coletivo estimula e apoia produções independentes de grupos de rap, promove shows, oficinas e mantém uma página nas redes sociais voltada para a divulgação dos cinco elementos estéticos da arte periférica.

São realizações do coletivo: evento itinerante Hip Hop na Vila, oficinas públicas de breack, produção e veiculação de conteúdos para a internet e parceria com os grupos Terceiro Milênio, Profetas de Calça Larga e Weed School.

Presente nos espaços de deliberação, a Banca 16 defende políticas públicas e financiamento do hip hop em condições de equidade com as demais manifestações culturais.   

Colaboração: Assessoria de imprensa