22°
Máx
16°
Min

Casal que levou cusparada de José de Abreu se manifesta no 'Faustão'

Ana Cláudia e Tiago, o casal que levou uma cusparada do ator José de Abreu durante um jantar em um restaurante de São Paulo, decidiu se manifestar no programa Domingão do Faustão desse domingo, 1º de maio.

Através de uma carta enviada ao programa, eles não deram detalhes sobre o ocorrido na noite do dia 22 de abril, ocasião em que levaram cuspes do ator após iniciarem uma sequência de xingamentos pelo fato de José de Abreu apoiar o PT e o governo Dilma Rousseff.

No domingo anterior, 24, José de Abreu esteve no palco do Domingão do Faustão e participou do quadro Arquivo Confidencial. Ao final das homenagens, ele deu sua versão do ocorrido neste jantar e disse que sua ação foi, na verdade, uma reação após ter sido xingado pelo casal.

Leia abaixo a nota enviada por Ana Paula e Tiago ao Domingão do Faustão:

"Como amplamente divulgado pelas redes sociais e pela mídia, os jovens Ana Cláudia, publicitária, e Tiago, advogado, ambos de 25 anos, namorados, estavam jantando em um restaurante japonês na zona sul de São Paulo, na noite de sexta-feira, 22 de abril, quando foram covardemente agredidos com palavras e atitudes pelo ator José de Abreu. A partir de então, ambos vêm recebendo insistentes convites para entrevistas de diferentes veículos de comunicação. Contudo, o jovem casal, para manter a própria privacidade e a de suas respectivas famílias, decidiu manifestar-se exclusivamente por meio desta nota. Os dois querem virar definitivamente a página deste lamentável episódio, provavelmente resultado de um momento de descontrole do senhor José de Abreu. Nada naquela ocasião, nem mesmo eventuais comentários que viessem de encontro às convicções político-ideológicas do ator, justificaria ou autorizaria a atitude repugnante deste senhor. Trata-se de ato incompatível com a civilização do século XXI, com o agravante de ter sido praticado por uma figura pública, nacionalmente conhecida, de quem se espera exemplo. Para Ana Cláudia e Tiago, que integram uma nova geração de brasileiros e que acreditam no futuro do País, o Brasil precisa retomar o espírito ordeiro, pacífico e honesto de nossa sociedade."