22°
Máx
14°
Min

Silvio Santos recontrata 'merchandete' para vender produtos em telejornal

- Silvio Santos faz contratação para vender produtos em telejornal

Durou apenas nove meses o período de "férias forçadas" de Patrícia Salvador. Assistente de palco e apresentadora das ações de merchandising dos programas de Silvio Santos, ela havia sido demitida em setembro de 2015 do SBT, após 17 anos de serviços prestados, mas acaba de ser recontratada e assume o posto de "merchandete" oficial do Primeiro Impacto.

Patrícia fez sua primeira aparição nesta segunda-feira, 4, anunciando alguns produtos durante o telejornal matinal do SBT. Embora o noticiário seja transmitido ao vivo, as entradas da "merchandete" foram todas gravadas na quinta-feira, 30. Em seu Instagram, a apresentadora mostrou os bastidores de seu trabalho, com os quatro looks que exibirá ao longo desta semana.

O mais curioso neste retorno de Patrícia é o fato de o SBT voltar a incluir "merchans" em um telejornal, algo mal visto pelos jornalistas que temem ter a credibilidade arranhada por conta dos produtos que serão anunciados entre uma notícia e outra. Esta prática sequer é cogitada entre as emissoras que levam a sério seus departamentos de jornalismo.

O SBT recorreu às ações de merchandising para tentar salvar o Primeiro Impacto, que tem dado prejuízo ao caixa da emissora de Silvio Santos. Mesmo com as mudanças drásticas pelas quais passou em seus três meses de existência (redução de 1h30 da duração, demissão de Patrícia Rocha e suspensão de helicóptero com notícias do trânsito e links com reportagens ao vivo), a conta ainda não fecha.

Como nenhuma das mudanças iniciais surtiu efeito na audiência, o SBT deu uma suavizada no conteúdo e passou a exibir reportagens com artistas e personalidades da internet, comandadas por Roger Turchetti.

Foi o que bastou para o Primeiro Impacto registrar a sua primeira vitória, no dia 4 de maio, contra o Balanço Geral, da Record. Silvio Santos se empolgou com o resultado e decidiu mudar os equipamentos de todos os telejornais da casa, que passaram a ser transmitidos em HD.

Embora o programa esteja incomodando a Record na briga pelo segundo lugar na audiência, raramente chega aos 3 pontos no horário em que é exibido, das 6h às 7h, e corre sério risco de ser eliminado da programação.

Na sexta-feira, 1, por exemplo, ocupou a vice-liderança e registrou 2,9 pontos na Grande São Paulo (cada ponto equivale a 69,4 mil domicílios), contra 2,6 da Record e 9,3 da Globo. Com os merchandisings, a entrada de dinheiro pode levar a direção a repensar no destino do programa.